Nintendo

Se você gosta de videogames, com certeza em algum dia sonhou trabalhar em alguma empresa do setor. Muito provavelmente na Nintendo. Muitos de nós cresceram com os jogos da Big N, e imaginou todas as vantagens e jogos grátis que os empregados recebiam.

Chris Bieniek decidiu mostrar um pouco das vantagens que era trabalhar na Nintendo no auge do NES. Pois bem, os funcionários COMPRAVAM seus videogames por encomenda, e a vantagem aqui era apenas o fato de não precisar se deslocar para uma loja para obter o produto.

Além disso, os funcionários tinham um desconto chamativo. Não é a mesma coisa que ter o produto de graça, mas era algo muito melhor do que o obtido pelos meros mortais. Por exemplo, muitos dos jogos do NES custavam nas lojas entre US$ 40 e US$ 50. Mas os funcionários pagavam entre US$ 14 e US$ 17.

 

 

Hoje, os funcionários não compram seus produtos através de um formulário com descontos generosos. Porém, podem conseguir descontos e produtos exclusivos na Nintendo Redmond Store, que funciona apenas para os funcionários da empresa.

Já os funcionários japoneses precisam comprar seus produtos como qualquer outra pessoa, ou seja, nas lojas físicas, ou por compra direta ou em pré-venda.

No passado, parecia ser mais glamourosa a ideia de trabalhar na Nintendo. Mas nos dias de hoje não está tão ruim assim. A não ser que você trabalhe no Japão, é claro.

 

Via Nintendo Soup