Compartilhe

Qualquer dispositivo Android lançado no mercado precisa ter o suporte à Google Play, já que os aplicativos turbinam qualquer smartphone ou tablet. E o relatório 2018 da XDA Developers revela que mais de 3 mil dispositivos foram lançados no ano passado com suporte para a loja.

A Samsung é a única fabricante com algum tipo de relevância no mercado de tablets, que foi abandonado por várias marcas. Mesmo assim, foram 664 novos tablets lançados em 2018.

Apenas 22 equipamentos entre os mais de 3.000 listados contam com o processador Snapdragon 845, o que representa apenas 1% de todo o ecossistema Android. Ou seja, o volume maior de lançamentos é, de forma indiscutível, no segmento de linha média, onde a dominância é do processador Snapdragon 660.

Outro indicador relevante é que apenas 121 dispositivos contam com mais de 4 GB de RAM, algo que até se justifica com o cenário universal do Android, onde a maioria dos dispositivos fatalmente conta com especificações mais modestas.

 

 

Números de 2018 que falam muito sobre o universo Android

– A Xiaomi lançou 20 smartphones, onde o Mi 8 é o mais completo
– A Huawei lançou 31 dispositivos, com o P20 e o Mate 20 como os tops de linha
– A Samsung lançou 53 smartphones, com os modelos Galaxy S9 e Galaxy Note 9 como os mais completos

 

A competição entre os três fabricantes continua acirrada, e é curioso ver a Xiaomi com um portfólio de produtos mais comedido, uma vez que históricamente a marca sempre oferece vários produtos para o mercado.

Por outro lado, alguns dispositivos ainda não contam com suporte ao Google Play. A maioria deles vem de fabricantes menos conhecidos, que comercializam os seus produtos apenas na China.

Porém, as barreiras geográficas não impedem que fabricantes como a Huawei ou a Xiaomi cresçam no mercado global. As duas marcas entregam modelos desprovidos dos aplicativos da Google, mas contam com certificação da mesma.

As estatísticas ajudam a identificar a realidade do mercado de smartphones Android. Já a Apple tem um modelo de negócio completamente diferente, e um sistema muito menos fragmentado.

 

Via XDA Developers


Compartilhe