As dez grandes diferenças entre a MIUI e a EMUI

Compartilhe

O Android é o mesmo para todo mundo, mas não é igual em todos os dispositivos. Xiaomi e Huawei desenvolveram propostas diferentes para o sistema operacional, e cada fabricante conseguiu assim criar uma maior identidade com os seus clientes, obtendo sucesso em suas iniciativas.

A MIUI e a EMUI são (até agora), uma capa de personalização do Android. Mas podem se transformar com o passar do tempo um sistema operacional totalmente diferente e independente da proposta do Google.

Por isso, é importante destacar nesse post as 10 grandes diferenças entre MIUI (da Xiaomi) e EMUI (da Huawei).

 

 

 

Design distante do Android

 

A MIUI tem um design muito diferente dos seus concorrentes, mesmo mantendo o sistema Android como base. Já a EMUI é uma personalização mais limitada, com um menor número de recursos e, o mais sério de tudo isso, sem os serviços e aplicativos do Google.

 

 

 

Aplicativos próprios

 

Por conta dos problemas e disputas que a Huawei está enfrentando contra o governo dos Estados Unidos, a empresa foi obrigada a se distanciar do Google e de suas funções, o que motivou o desenvolvimento de mais aplicativos exclusivos em seus smartphones. Já a MIUI conta com várias funções básicas vindas do Android além de outras soluções próprias, que tornam a sua interface muito mais completa.

 

 

 

Modo Escritório

 

A Huawei surpreendeu ao habilitar a EMUI como um recurso que converte o smartphone em uma extensão do computador através da tela compartilhada. Na Xiaomi, a função só está disponível ao realizar o download de um aplicativo externo.

 

 

 

Apps pré-instalados

 

Uma das principais críticas à MIUI é a sua quantidade enorme de aplicativos desnecessários pré-instalados, o que faz com que sua memória interna seja ocupada facilmente com apps inúteis. A Huawei estudou melhor o mercado ocidental, e coloca um número menor desses apps em seus dispositivos.

 

 

 

Câmera

 

A MIUI permite a instalação de apps como o Google Camera que melhoram o desempenho na hora de registrar fotos. Já a EMUI possui um aplicativo que potencia o funcionamento da câmera nos dispositivos móveis.

 

 

 

Controle da bateria

 

A MIUI 11 tem um novo sistema de economia de bateria, que modifica os ajustes do dispositivo para obter um desempenho de quase um dia de uso longe da tomada. A EMUI conta com funções para otimização do desempenho de bateria, mas são um pouco mais limitadas.

 

 

 

Melhor navegação por gestos

 

A navegação por gestos agiliza alguns processos durante o uso dos dispositivos, mas no caso da EMUI, ela facilita o uso dos telefones de forma muito mais notável em comparação com os seus concorrentes.

 

 

 

Atualizações

 

A EMUI também leva vantagem nesse ponto, pois graças às sanções impostas à empresa pelo governo norte-americano, a Huawei é obrigada a desenvolver novidades e atualizações com maior frequência, para não perder clientes.

 

 

 

Saúde

 

A Huawei integrou antes da Xiaomi apps dedicados aos cuidados de saúde, oferecendo dados de calorias queimadas de acordo com os passos dados pelo usuário.

 

 

 

Registro telefônico

 

A MIUI conta com um app de telefone com um design mais estético, onde a pessoa pode incluir a fotografia do seu novo contato. Já a EMUI é muito mais tradicional nesse aspecto.


Compartilhe