Aprenda COBOL de graça com a IBM

Compartilhe

O mundo está procurando de forma (quase) desesperada por programadores em COBOL, principalmente nas universidades norte-americanas. A linguagem de programação é antiga, mas é a base de vários sistemas operacionais e plataformas de desenvolvimento de software atuais.

O motivo para essa busca? Simples: os sistemas de seguro desemprego dos Estados Unidos utiliza essa linguagem de programação que nasceu na década de 1950, e não há mais profissionais capacitados para lidar com as falhas que software que estão aparecendo com a elevada demanda de pedidos pelo benefício por conta da pandemia que arrasa com a economia global nesse momento.

Aqui, a culpa não é do COBOL. Até porque praticamente ninguém estuda esse software hoje, por ser um sistema operacional velho e pouco atraente. As escolas deixaram de ensinar como esse sistema funciona, apesar do mesmo seguir funcionando em várias infraestruturas consideradas críticas ao redor do mundo.

Por isso, a IBM está aproveitando a oportunidade para oferecer alguns dos seus recursos para formar novos programadores em COBOL.

 

 

 

Cursos de COBOL de graça e fóruns para programadores que precisam de um emprego

 

 

A IBM está desenvolvendo um novo curso open source para ensinar o COBOL para os principiantes. O programa foi desenvolvido com clientes da empresa e uma instituição de educação superior para oferecer o treinamento de alto nível com o sistema operacional usando VSCode.

O curso está disponível na Coursera, com vídeos, laboratórios e materiais 100% gratuitos e de domínio público. O curso também pode ser encontrado na própria plataforma de treinamento da IBM.

Além disso, a IBM anunciou a criação de um portal para conectar os programadores de COBOL com potenciais empregadores. Dessa forma, os profissionais mais veteranos e aposentados, voluntários ou qualquer estudante que completou os cursos de COBOL nas diferentes instituições de ensino podem encontrar um trabalho ou formas de colaborar com as instituições nesse momento. Também está disponível um fórum técnico, onde os programadores mais experientes no sistema operacional podem oferecer uma assessoria técnica gratuita durante a crise do COVID-19.

 

 

 

O Open Mainframe Project

 

 

A IBM não é a única empresa que está oferecendo recursos sobre o COBOL para ajudar a combater a pandemia. O Open Mainframe Project, um programa da Fundação Linux e a própria IBM contam também com a parceria de empresas como Broadcom, Phoenix Software, Rocket Software, SUSE, Vicom Infinity e Zoss Team para esse e outros projetos relacionados.

Por exemplo, a SUSE está oferecendo uma assinatura gratuita de um ano da versão para programadores do SUSE Linux Enterprise Server, que se destaca justamente pela sua ampla variedade de pacotes COBOL.

 

 

Via GitHub, IBM, Open Mainframe Project


Compartilhe