Compartilhe

 

Nesse momento, é possível comprar o Apple Watch Series 5 (que tem eletrocardiograma, tela sempre ligada e bússola) e o Apple Watch Series 3, mais simples (sem os itens que eu citei antes) e com um design mais antigo. O que os dois modelos tem em comum? Ambos estão disponíveis nas versões GPS only e GPS + 4G.

A versão 4G permite a conexão com as redes móveis sem depender do smartphone, onde você pode fazer chamadas, receber notificações, enviar mensagens e interagir com a Siri sem ter o iPhone por perto. Você pode fazer tudo isso na versão normal, mas o telefone precisa estar perto de você, conectado ao relógio via Bluetooth.

Na estética, não tem muitas mudanças, exceto pela franja vermelha no modelo 4G (que é mais enfático no Series 3). É dessa forma que você diferencia um modelo do outro na estética. Mas nas realidade prática… vale a pena pagar a mais pelo modelo LTE?

 

 

 

Os pontos negativos do Apple Watch 4G

 

 

O relógio não conta com slot SIM, mas sim eSIM ou SIM virtual. E nem todas as operadoras brasileiras estão trabalhando com o eSIM nesse momento. Leve isso em consideração. Sem falar que isso significa automaticamente um custo extra mensal na sua conta de celular.

Será que vale a pena gastar a mais apenas para atender as chamadas de telefone no celular?

Outro motivo óbvio é que o Apple Watch com GPS + 4G é mais caro que a versão normal, o que reforça a teoria do “refletir profundamente para descobrir se o investimento adicional vai compensar”. E essa é uma decisão que só você pode tomar por você mesmo.

 

 

 

Então… vale a pena pagar a mais?

 

 

Isso depende muito do uso que você quer dar ao relógio. Se a sua ideia é usar o Apple Watch para os esportes ao ar livre, exercícios na academia ou em viagens constantes e deslocamentos pela cidade, a compra do relógio com 4G pode valer a pena, para você não se preocupar em levar o smartphone para as atividades físicas.

Em alguns estabelecimentos, é possível usar o relógio com 4G para pagar compras, produtos e serviços via Apple Pay. Porém, esse é um recurso que ainda é pouco utilizado no Brasil, mas que está em plena expansão nas grandes cidades brasileiras.

Agora, se você pensa no relógio como mais um acessório para trabalhar com o seu iPhone, recebendo as notificações sem precisar recorrer ao telefone no trabalho ou em casa e nem faz tantos exercícios assim, talvez a versão do Apple Watch com GPS only seja a recomendada. E, ainda assim, é possível atender chamadas com essa versão do relógio.


Compartilhe