Compartilhe

Não basta apresentar ao mundo o Pro Display XDR, um monitor 6K HDR para acompanhar o seu novo Mac Pro, e anunciar valores caríssimos para os dois produtos (combinados, eles alcançam os US$ 10 mil com facilidade). A Apple consegue superar a si mesma, lançando um monitor de US$ 4.999… sem suporte ou base para apoio do mesmo.

Ou seja, a Apple teve a “brilhante” (porém, safada) ideia de separar o monitor do seu suporte, dando a opção para o usuário em comprar um suporte VESA por US$ 199 (valor este que não é nada barato, comparado os valores de suportes similares), ou recorrer ao suporte oficial do produto, o Pro Stand, que custa US$ 999. E tudo o que ele faz é sustentar o monitor em cima da mesa.

Eu não me lembro na minha vida enquanto produtor de conteúdo de tecnologia em ouvir os murmurinhos como aqueles escutados ontem entre os presentes no keynote quando a Apple explicou que esse suporte seria vendido em separado, com um preço considerado absurdo para muitos.

 

 

O que tem de especial um suporte que custa US$ 1.000?

 

 

As críticas, piadas e memes sobre o suporte para o chamativo monitor de 32 polegadas da Apple voltado para profissionais não demoraram a aparecer. Algumas pessoas chegaram a se oferecer para ficar segurando o monitor pela metade do preço, e quem indicava que por esse preço era possível comprar um MacBook Air afirmava que “a Apple estava parodiando a si mesma”.

A Apple destacou o trabalho de design e engenharia que eles realizaram nesse suporte, que está dotado de um sistema de altura ajustável com um deslocamento de 120 mm, permitindo a rotação e inclinação da tela em diferentes ângulos com muita facilidade e suavidade.

O que esse suporte ainda tem de especial? Nada mais. Além de componentes mecânicos e imãs que permitem o ajuste ao monitor, ele é um objeto composto por diversas peças de metal, e nada mais.

 

 

A Apple só revelou no final do segmento de apresentação do monitor que o suporte seria vendido em separado: o Pro Display XDR custa US$ 4.999 (a versão especial com cristal de nano-textura custa US$ 5.999), e o suporte custa outros US$ 999, e que não estava incluído no monitor. Ainda existe a opção de comprar o suporte VESA por US$ 199.

Enfim, foi estranho, constrangedor e, ao mesmo tempo, bem engraçado.


Compartilhe