imac

 

A Apple apresentou na WWDC 2017 os seus novos iMac, com importantes melhorias nas especificações.

Não há grandes mudanças no design, mas nas especificações, temos a chegada dos processadores Intel Kaby Lake de última geração. Também contarão com o decodificador HEVC com suporte de cores de 10 bits, até 32 GB de RAM nos modelos com tela de 21.5 polegadas e até 64 GB de RAM para os modelos com 27 polegadas, gráficos Intel Iris Pro 640 com 64 GB de memória eDRAM, com melhor largura de banda, entre outros recursos.

A Apple afirma que a melhora de desempenho gráfico nos novos iMacs pode chegar a 80% em comparação com as soluções utilizadas nas gerações anteriores. Além disso, os modelos com tela de 21.5 polegadas com 4K contarão com gráficos dedicados AMD Radeon RX 550 ou Radeon RX 560 de 4 GB, deixando o computador ainda mais potente nesse aspecto.

 

 

Já os modelos com 27 polegadas 5K receberão gráficos Radeon RX 570, Radeon RX575 ou Radeon RX 580, com 4 GB GDDR5 para a primeira e 8 GB GDDR5 para as duas últimas.

São placas gráficas muito potentes, garantindo assim uma boa experiência em todos os âmbitos, incluindo o da realidade virtual.

 

 

Também está confirmada a adição de uma segunda porta Thunderbolt 3, a presença do Fusion Drive de série em todos os novos modelos com tela de 27 polegadas e o uso de unidades de SSD com maior desempenho. Todo o conjunto técnico já chega ao mercado gerenciado pela nova versão do sistema operacional da Apple, o macOS High Sierra.

 

 

O preço inicial sugerido dos novos modelos de iMac (com 4K) é de US$ 1.299, podendo alcançar os US$ 1.799 iniciais nos modelos com telas 5K.