App pode ajudar usuário a atingir nível diário de Vitamina D

Compartilhe

A vitamina D está entre as substâncias mais essenciais para a saúde humana. Uma de suas principais funções é a regulagem das presenças de cálcio e de ferro no organismo, o que tanto nos dá energia e disposição para o dia a dia, como também mantém nossos ossos sempre fortes. O sistema imunológico também tem uma relação clara com ela.

Infelizmente, muitas pessoas não conseguem manter os níveis ideais desse importante nutriente no organismo e acabam tendo problemas. Em falta, ele gera fraqueza nos ossos e nos músculos, baixa imunidade, desânimo, letargia, fadiga, baixo apetite, dificuldades cognitivas e muito mais. Por outro lado o excesso de vitamina D também pode gerar complicações sérias para a saúde.

Estudos mostram que cerca de 90% da população negra e hispânica nos Estados Unidos não têm os níveis ideais de vitamina D no organismo. No Brasil, é claro, a situação não é diferente: Apesar de sermos um país tropical e, normalmente, muito quente, a maior parte da população não tem tempo para se expor ao sol nos horários recomendados, nem condições financeiras para uma alimentação saudável.

Você deve prestar atenção nos níveis de vitamina D de seu corpo durante toda a vida, mas essa atenção se torna ainda mais essencial após os 40 anos de idade. Mulheres próximas à menopausa podem sofrer com enfraquecimento dos ossos e, por isso, precisam de ainda mais cuidado para que não tenham problemas causados pela ausência do nutriente.

Mas e se você pudesse ter um aplicativo que te ajudasse a manter os níveis ideais de vitamina D?

Pesquisadores da Universidade de Guelph, no Canadá, analisaram a eficiência de um aplicativo chamado “Vitamin D Calculator”, disponível para dispositivos da Apple. Eles chegaram a resultados animadores!

O aplicativo funciona via dados informados pelo usuário. É preciso preencher todos os dias quais alimentos foram ingeridos e em quais quantidades, além do tempo de exposição ao sol. Características pessoais como o tipo de pele, a idade e o peso também são relevantes. A partir de tais informações, é feito o cálculo aproximado sobre se a quantidade de vitamina D consumida no dia foi suficiente.

Após testarem o “Vitamin D Calculator” por três dias e depois realizarem exames de medição da substância, os pesquisadores chegaram à conclusão de que o aplicativo trazia números bastante próximos à realidade. Apesar dos cálculos não serem perfeitos, podem ajudar a manter o consumo diário bem controlado.

É necessário ressaltar que o uso apenas do aplicativo não pode ser visto como verdade absoluta, e que erros podem acontecer. Você precisa ser um usuário comprometido em sempre inserir informações verdadeiras e completas, permitindo assim que os cálculos sejam o mais próximos possíveis do correto. Porém, enquanto ferramenta capaz de gerar estimativas, o “Vitamin D Calculator” é bastante útil.

Apesar de ainda não estar disponível para Android, o aplicativo pode ser muito bem aproveitado pelos usuários da Apple, principalmente em iPhones. Ele funciona tanto em aparelhos mais vintage, quanto em outros já obsoletos.


Compartilhe