Antes do WhatsApp: como eram o IRC, o ICQ e o Windows Live Messenger? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Antes do WhatsApp: como eram o IRC, o ICQ e o Windows Live Messenger? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | Antes do WhatsApp: como eram o IRC, o ICQ e o Windows Live Messenger?

Antes do WhatsApp: como eram o IRC, o ICQ e o Windows Live Messenger?

Compartilhe

A Internet conectou as pessoas no mundo todo, e a expansão dos smartphones fez com que todos se comuniquem o tempo todo, em qualquer lugar. Mas em um passado não muito distante, o cenário era bem diferente.

Não existia a internet em alta velocidade, e conversar com alguém pelo computador era uma experiência bem diferente da atual. Por isso, nesse post, vamos recordar velhos programas que muitos de nós usamos para conversar com outras pessoas: IRC Chat, ICQ e Windows Live Messenger.

Esses icônicos programas foram muito populares no passado, e mesmo com um presente muito diferente nesse aspecto, não podemos negar que, para a sua época, eles foram mais que úteis. Foram revolucionários.

 

 

IRC, o primeiro chat da história

 

 

O conhecido protocolo de comunicação foi criado em 1988, e permitia conversas em tempo real e debates entre usuários. Um dos seus diferencias era a necessidade de entrar em canais para encontrar os usuários com quem a gente queria conversar.

A plataforma do IRC permitia a conversa com pessoas de todo mundo. Basta estar no mesmo canal, e pronto. Este foi um dos sistemas mais utilizados do mundo, mas perdeu popularidade na década de 2000, com o auge dos apps de mensagens instantâneas e, em um momento posterior, a chegada das redes sociais.

O IRC foi essencial no Golpe de Estado da União Soviética em 1991. Foi por ele que muitos se informaram sobre o que estava acontecendo no país em um período de censura, e foi com esse evento que o IRC ganhou muita popularidade.

Hoje, ele é utilizado para entregar serviços online ou para usos específicos de comunicação. Alguns servers ainda estão vivos e operando, como ChanServ, NickServ, HostServ, HelpServ, StatServ, entre outros.

 

 

ICQ, e a massividade da Internet

 

 

O ICQ foi o primeiro sistema de mensagens instantâneas a se tornar popular na internet, onde você podia enviar mensagens em tempo real para outros usuários conectados no programa.

O programa contava com grandes capacidades multimídia para envio e recebimento de arquivos, era capaz de realizar videoconferências e até chamadas de voz. Seus criadores foram dos jovens de Israel, que em 1996 lançaram o Mirabilis, que tinha como objetivo oferecer uma nova forma das pessoas se comunicarem via Internet. Em 1998, o programa foi adquirido pela AOL, que o massificou no mundo com o nome ICQ.

O programa ainda possui 50 milhões de contas ao redor do mundo, onde 38 milhões estão ativas até hoje. Porém, o ICQ não é atualizado a mais de 3 anos.

 

 

Windows Live Messenger, e sua grandeza

 

 

Um dos mais populares da web., O sistema de mensagens instantâneas da Microsoft nasceu em 1999, e era compatível com PCs Windows, Windows Phone, iOS e Android. Seu auge global aconteceu entre os anos de 2005 e 2012, e foi essencial para a gigante de Redmond durante esse período.

Quando estava no topo, o sistema atraiu mais de 330 milhões de usuários ativos por mês, e oferecia várias opções multimídia nos chats, algo muito chamativo e moderno para a época. Jogos, envio de imagens, chat por câmera e outras características que marcaram época.

Porém, em 2012, a Microsoft anunciou oficialmente que o Windows Live Messenger seria aposentado, em pleno auge dos smartphones e com um WhatsApp que começava a ganhar força.

Cada um desses programas foram inovadores e úteis na sua época, e não serão esquecidos facilmente, já que cada um deles tem um espaço nas nossas lembranças. Sou feliz por pertencer a uma geração que viveu os maiores saltos tecnológicos do último século, e a forma como nos comunicamos é um dos traços mais fortes dessa transformação.


Compartilhe