Compartilhe

O Android 11 chegou em versão final, depois de meses de desenvolvimento. E chegou cheio de novidades. Dessa vez, não temos apenas os modelos da linha Pixel como estreantes da nova versão.

Os primeiros dispositivos compatíveis com o Android 11 já começaram a receber a versão final do novo software, e agora temos uma versão estável para os usuários. Nesse post, vamos conhecer quais são as principais novidades, quais são os dispositivos compatíveis e como você deve proceder para realizar a instalação.

 

 

 

As novidades mais relevantes do Android 11

 

 

Algumas das novidades do Android 11 foram apresentadas nas versões preliminares, e pouco temos de inovação na versão final, o que segue uma regra nos últimos anos tanto para o Android como para o iOS, onde temos apenas funções melhoradas.

A seguir, as principais novidades do Android 11:

 

Melhorias nas notificações: as notificações de conversas em apps de mensagens contam agora com um espaço dedicado, e podem ser priorizadas ou gerenciadas diretamente dentro desse segmento.

 

 

Controles em domótica: o controle de dispositivos conectados via Google Home foi simplificado, com os seus controles ao lado dos botões de liga/desliga, reiniciar e emergência.

 

 

Bolhas nos apps de mensagens: agora, é possível ter uma bolha flutuante com o ícone das conversas mais ativas em todo o sistema operacional, e não apenas no aplicativo de mensagens em específico.

 

 

Permissões granulares para os aplicativos: os apps agora podem ter permissão uma única vez ou apenas quando está em uso para acessar determinados recursos, como por exemplo a localização do aparelho. Uma função especificamente pensada na privacidade.

Novo controle multimídia: no Android 11, as notificações de reprodução multimídia ficam organizadas em um único card, integrado na parte dos ajustes rápidos e que se agrupam paginadas no caso de várias reproduções ao mesmo tempo, no lugar de ocupar boa parte do painel de notificações como no passado.

 

 

Respostas inteligentes: as sugestões de respostas inteligentes no Gboard se baseiam no que é dito na conversa, da mesma forma que funcionam as respostas inteligentes nas notificações ou em aplicativos como o Gmail. O recurso chega primeiro nos telefones com Google Pixel, mas mais adiante deve estar disponível para dispositivos de outras marcas com Android 11.

 

 

Android Auto sem fio: se o veículo for compatível, é possível utilizar o Android Auto e vincular o carro ao smartphone sem precisar de uma conexão por cabo.

 

 

Gravação de tela: o Android 11 permite de forma nativa a gravação de tela, em um recurso localizado nos ajustes rápidos do sistema.

 

 

Melhorias para empresas: será mais fácil separar o perfil profissional do pessoal no Android 11, além de outras novidades relacionadas com a possibilidade que o sistema operacional mude o perfil de trabalho para o pessoal em determinada hora do dia.

 

 

Melhoras de acessibilidade: o Android 11 melhora o Google Voice Access, sistema de controle por voz com etiquetas sobrepostas aos elementos da tela, e a possibilidade de usá-lo sem conexão à internet. Também inclui suporte para a escrita em braille no Gboard e Lockout, o app para ajudar pessoas com problemas de visão, incorpora dois novos modos: escâner de documentos e etiquetas de comida.

Atualizações via Google Play: mais módulos passam a depender do Google de forma direta para receber atualizações sem esperar que o fabricante lance o update. Algo essencial para agilizar as atualizações de segurança no dispositivo.

 

 

 

Outras mudanças

Há toda uma série de pequenas mudanças internas e externas que vale a pena conhecer. Estas são as outras novidades que você vai encontrar no Android 11:

 

Otimizações para a câmera em aplicativos de terceiros: os desenvolvedores poderão usar recursos avançados da câmera, como o modo bokeh, ou pausar o som de notificações e alarmes ao usar a câmera.

Melhorias no bem-estar digital:modo de hibernação ajuda você a estabelecer um toque de recolher para ir dormir, colocando a tela em preto e branco e silenciando as notificações quando a hora chegar.

Melhorias no preenchimento automático de formulários: o Gboard oferece sugestões para o preenchimento de formulários com dados que você usa com frequência, como seu endereço (por exemplo). 

Melhorias recentes: no Google Pixel, é possível copiar e compartilhar informações entre os aplicativos visualizados recentemente.

Compartilhar nas proximidades: embora não seja exclusivo do Android 11, o compartilhamento de arquivos entre dispositivos é padrão no sistema operacional.

Armazenamento com escopo: para o bem ou para o mal, o Android 11 implementa o polêmico sistema de armazenamento de escopo, pelo qual o acesso aos dados móveis que um aplicativo pode acessar é limitado.

Continue na reinicialização: depois de reiniciar, os aplicativos que você estava usando serão abertos novamente.

Atualizações do sistema do Google Play sem reinicialização: as atualizações são instaladas automaticamente quando o telefone está ocioso e sem a necessidade de reiniciar o terminal.

Sugestões de aplicativos: no Google Pixel, você receberá sugestões de aplicativos para usar na parte inferior do dock de aplicativos.

Pastas inteligentes: também no Google Pixel, serão sugeridos nomes automáticos para pastas.

 

 

 

Quais são os dispositivos compatíveis com o Android 11?

 

 

No passado, os únicos dispositivos que eram atualizados desde o primeiro dia de lançamento de uma nova versão do Android eram os telefones do Google (Nexus ou Pixel). Isso mudou com o Android 11, pois a lista de elegíveis a receber o sistema operacional logo de cara ficou muito maior.

A seguir, a lista oficial de dispositivos que já podem receber o Android 11:

Google Pixel 2
Google Pixel 2 XL
Google Pixel 3
Google Pixel 3 XL
Google Pixel 3A
Google Pixel 4
Google Pixel 4 XL
Google Pixel 4A
OnePlus 8
OnePlus 8 Pro (NA, EU, India)
Xiaomi Mi 10
Xiaomi Mi 10 Pro
POCO F2 Pro
OPPO Find X2
OPPO Find X2 Pro
Realme X50 Pro

 

 

 

Como atualizar o smartphone para o Android 11?

 

 

O processo de atualização é relativamente simples.

Se você tem um dispositivo compatível com a nova versão, vá até os ajustes do sistema e procure pela atualização. Normalmente está na rota Ajustes > Sistema > Avançado > Atualização do Sistema > Buscar Atualizações. Se nada de novo aparecer, muito provavelmente o update será entregue nas próximas horas ou dias, já que esta é uma atualização que será liberada paulatinamente.

Para os demais smartphones, tenha paciência e espere que os fabricantes anunciem as suas datas de atualização e as listas de modelos compatíveis com a última versão do Android.

 

 

 

Via Google, Android 11


Compartilhe