Uma jogadora de Pokémon Go encontrou casualmente um ancião perdido há quase 50 quilômetros do seu lar.

Allison Hines estava casualmente circulando no Kenney Shields Park em Covington, Kentucky (EUA) na última sexta-feira (20). O parque é um destino recorrente dos jogadores, e ela buscava novos pokémons para sua coleção virtual.

A ex-veterana da marinha local se deparou com uma pessoa que parecia desorientada. Ela tinha um gorro da marinha e pareceu simpática. Porém, rapidamente ela percebeu que algo não estava bem.

Com algum tempo de conversa, ela descobriu seu nome: Homer Howard, de 83 anos, com evidentes problemas de memória. Ele morava em Maineville, Ohio, e seu juízo estava tão alterado, que não é compreensível compreender como ele chegou tão longe.

Howard estava sendo procurado por suas filhas e, felizmente, tudo deu certo, com a sua devolução aos seus familiares. Hines afirma que ficou feliz por conseguir salvar a vida de alguém jogando Pokémon Go.

Isso eventualmente pode acontecer, e alguns apps contam com recursos específicos para essa finalidade.

E, se você puder ajudar uma pessoa nessa situação, ajude.

Por favor!

 

Via ABC News