Compartilhe

O AlterEgo é um dispositivo que se propõe a ser um leitor de pensamentos.

Ele foi desenvolvido pelo Media Lab do MIT, e é capaz de reconhecer números de 0 a 9 e identificar um vocabulário composto por 100 palavras, com o objetivo de envio de mensagens apenas com os pensamentos, onde nem mesmo seria necessário abrir a boca.

No lugar de ler o seu cérebro, ele identifica milimétricos movimentos musculares da sua face, com a ajuda de eletrodos. E você nem precisa falar para produzir esses movimentos, já que nosso cérebro envia sinais para esses músculos faciais com o pensamento.

Uma vez detectados os movimentos, a informação é comparada com um sistema de aprendizagem automática (via rede neuronal), que traduz as palavras, que são enviadas por áudio por um fone de ouvido, para transcrever a ordem.

Com esses dados, é possível fazer muitas coisas, já que emparelhado com um dispositivo inteligente, pode criar anotações silenciosas, executar comandos, conferir a lista de compras ou mudar o canal da TV.

A melhor parte é que o índice de acerto do sistema é de 90%, o que mostra que este é um método bem confiável, com desenvolvimento que pode ir longe.

Já pensou? Poder deixar de lado métodos como o Google Now e o Siri apenas para que esse dispositivo faça o seu trabalho? Pessoas com mobilidade reduzida seriam muito beneficiadas, mas também podemos redefinir o futuro dos wearables de consumo.

Vamos acompanhar.

 

 

 

Via DailyMail


Compartilhe