A Alcatel apresentou oficialmente o Alcatel 1C (2019), um smartphone com quase 5 polegadas de tela e Android Go. É um modelo com especificações modestas, e é pensado para ser telefone para quem quer o mínimo, ou o segundo dispositivo de quem já tem um modelo potente.

É um telefone com Android Go stock, sem os apps proprietários. Sua construção possui materiais resitentes a quedas ou pancadas. E o seu preço é bem acessivo.

 

 

O Alcatel 1C (2019) conta com um processador Spreadtrum quad-core a 1.3 GHz, trabalhando com 1 GB de RAM, o que deve ser o suficiente para as tarefas básicas e a oferta de pelo menos um dia de uso de bateria. O dispositivo conta com 8 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 32 GB).

Sua bateria de 2.000 mAh, trabalhando com o processador e uma tela de 4.95 polegadas (480 x 960 pixels, 18:9) deve aguentar perfeitamente um dia inteiro de uso. O Android Go é um atrativo nesse caso, pois é mais leve e vai bem em dispositivos com essas características, com uma otimização enorme para um hardware limitado.

 

 

Na parte de conexões, temos Bluetooth 4.1, GPS, LTE e microUSB. Os botões de liga/desliga e controle de volume está na lateral direita, e na parte frontal encontramos um design com bordas reduzidas, mas em um formato com tela alarada. Na parte traseira encontramos a câmera o flash LED logo abaixo. Nada de leitor de digitais ou desbloqueio facial nesse smartphone.

O Alcatel 1C (2019) deve chegar ao mercado europeu, mas não tem data de lançamento previsa. O seu preço sugerido será de 70 euros. Não há previsão de lançamento do produto para outros mercados.

É o tipo de smarpthone que é pensado naqueles que não querem mais do que o básico em um dispositivo de tecnologia, ou para quem quer um segundo telefone para não arriscar o dispositivo principal, que é bem mais caro.