Todo produto digital que você compra nos dias de hoje vem com longos acordos e termos de serviço (que, sendo bem honesto, ninguém lê – nem eu, nem você) e que a maior parte do tempo nos oferece acesso licenciado a um produto, e não à propriedade de um aplicativo. Normalmente deixamos passar tudo isso. Mas a Adobe, não. Ela quer que todo mundo leia esses termos por obrigação, incluindo as letras pequenas. Ou podemos ser processados.

 

 

Problemas legais por causa de versão antiga do Creative Cloud

 

Vários usuários receberam e-mails que os convidavam cordialmente a deixar de usar versões antigas dos seus aplicativos do Creative Cloud. Caso contrário, os usuários podem enfrentar “potenciais processos de não cumprimento” de empresas terceirizadas, que nesse momento estão envolvidas em um processo legal com a Adobe.

Nem preciso dizer que tal medida deixou muitos usuários descontentes, e o reflexo disso é o cancelamento de várias assinaturas atuais. Os e-mails enviados são personalizados e incluem versões antigas do Photoshop, Premiere, Lightroom Classic, Animate e Media Director.

 

 

Não existe uma explicação mais específica por parte da Adobe sobre o problema. De fato, a própria empresa cita “litígio em curso” para não comentar nada sobre o mesmo, e o time legal da empresa pode ter uma boa dose de razão. Veículos com o Apple Insider citam um problema legal atual com a Dolby Labs que pode ser a raiz do problema.

No ano passado, a Dolby processou a Adobe por não cumprimento de contrato: a empresa do Photoshop e do After Effects vendeu softwares de áudio e vídeo que usavam tecnologias de processamento da Dolby entre 2002 e 2017, e ao longo de todos esses anos falhou em relatar os lucros corretos e em pagar os royalties acordados pelas duas empresas pelo uso da licença.

 

 

Não sabemos exatamente se a Dolby tem a culpa, mas os sinais são claros: a Adobe está transferindo o problema para os seus usuários, que provavelmente seguem usando o software não atualizado por conveniência, por considerar as melhorias inúteis, ou até mesmo por características perdidas nas diferentes atualizações.

Fail, Adobe. Fail…

 

Via Apple Insider