TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Acer produzindo smartphones 5G acessíveis no Brasil: isso vai dar certo? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Telefonia | Acer produzindo smartphones 5G acessíveis no Brasil: isso vai dar certo?

Acer produzindo smartphones 5G acessíveis no Brasil: isso vai dar certo?

Compartilhe

A notícia da chegada dos smartphones 5G da Acer no Brasil pegou algumas pessoas de surpresa. Eu, inclusive. Mas não deveríamos pensar assim.

A Acer é uma das principais fabricantes de tecnologia do Brasil, e uma das marcas líder na venda de computadores em nosso mercado. Sua credibilidade nesse campo é indiscutível, e esse é o principal motivo para esperar por produtos que devem entregar uma alta qualidade na construção e nas especificações.

O que chama a atenção é a combinação de fatores para que esses dispositivos cheguem ao mercado com preços acessíveis e, ainda assim, oferecendo a conectividade 5G.

Será que vai dar certo?

 

 

 

Tem a Acer, mas outros atores participam disso

A Acer não está sozinha nessa iniciativa em lançar smartphones 5G acessíveis para o mercado brasileiro.

Outras empresas estão participando dessa equação para viabilizar uma proposta de baixo custo. Por exemplo, a Rcell será responsável pela distribuição dos dispositivos, e essa é uma empresa que já faz a revenda de telefones da Samsung e da Motorola.

A mexicana Senwa é a parceira responsável pela produção nacional dos smartphones, além de participar do desenvolvimento do design dos futuros dispositivos. A empresa é conhecida por sua experiência em desenvolver telefones baratos, o que garante a experiência que a Acer não tem neste aspecto.

Mas a principal parceira da Acer na iniciativa é mesmo a Qualcomm, que será a responsável por oferecer os processadores compatíveis com os modems 5G, cuja conectividade é o principal argumento para essa parceria acontecer.

Os telefones serão desenvolvidos através de uma parceria entre a Acer e a Qualcomm. Ou seja, na prática, são mesmo smartphones com a assinatura da Acer, mas com a participação de outras empresas que vão viabilizar o baixo custo dos projetos.

 

 

 

O que a Acer quer com este projeto?

Lançar smartphones com conectividade 5G de baixo custo (e eu pensei que isso tinha ficado claro a essa altura do artigo).

Na verdade, tudo o que sabemos sobre os futuros smartphones da Acer é justamente isso: serão dispositivos de baixo custo com 5G e processadores Snapdragon da Qualcomm. Nenhum modelo foi anunciado até agora, e os primeiros produtos devem chegar ao mercado nacional entre o Natal de 2022 e o começo de 2023.

Considerando todos os envolvidos, a tendência é que esses dispositivos que a Acer vai lançar por aqui alcancem preços próximos aos R$ 1.000 ou menos. Mas não há qualquer tipo de informação que confirme essa estimativa.

De qualquer forma, aquela surpresa que mencionei no início do post não deveria existir. Inclusive da minha parte, que acompanha o mercado de tecnologia constantemente.

Olhando para os principais concorrentes da Acer no mercado de notebooks, a única empresa que não está no mercado de smartphones hoje é a HP. Samsung, Lenovo, Apple e ASUS estão no mercado de telefonia móvel, cada uma delas apostando em diferentes frentes.

Sem falar que a Acer lançou no passado alguns smartphones com Windows OS e Android, mas abandonou a iniciativa com o passar do tempo. Ou seja, não estamos diante de uma completa desconhecida dentro do setor.

Logo, ver a Acer investindo no segmento mobile é, de certo modo, o cenário normal e esperado de uma empresa do porte da Acer.

E precisamos ver essa iniciativa como positiva, por alguns aspectos bem claros.

Para começar, é uma empresa investindo no mercado nacional com certa consistência. O impacto positivo da produção de smartphones resulta no aquecimento da indústria brasileira, com reflexo em diferentes áreas da nossa economia.

Além disso, o consumidor que procura dispositivos de baixo custo com a nova tecnologia de dados é o beneficiário direto, pois terá acesso aos dispositivos com um preço reduzido.

Sem falar no aumento da popularidade do 5G no Brasil, algo fundamental para a disseminação desse novo padrão tecnológico.

No final das contas, todo mundo sai ganhando com a Acer produzindo smartphones 5G no Brasil. Agora, nos resta esperar pacientemente para ver como são os primeiros dispositivos que a marca vai comercializar em nosso mercado.


Compartilhe