Depois de tantos designs semelhantes para os smartphones nos últimos anos, fato é que a aposta atual está nas câmeras e nas linhas minimalistas dos equipamentos.

O Sharp Aquos Duo foi o primeiro smartphone a quebrar paradigmas em um design sem bordas, e o Xiaomi Mi Mix reforçou a popularidade desse design. Tudo isso aconteceu em 2016, e era difícil de imaginar que essa proposta futurista iria alcançar o mercado algum dia.

Hoje, a luta para entregar smartphones com bordas de tela reduzidas continua, entregando o protagonismo total para a tela. O iPhone X entregou o notch, e os fabricantes Android seguiram essa ideologia, que virou tendência em 2018.

Porém, em 2019, tudo pode mudar. De novo. E de forma ainda mais surpreendente. Os fabricantes Android querem seguir evoluindo no design, e ao que tudo indica, veremos sinais claros desse progresso.

 

 

A tendência é que teremos smartphones com design ainda mais inovador, com novas tecnologias e, principalmente, mais tela e bordas cada vez menores.

Um desses futuros vazamentos mostra que a tendência para 2019 será os dispositivos com um pequeno buraco para a câmera frontal, e nada mais. Nada de notch, nem mesmo no formato de gota. O OPPO R19 será um dos primeiros smartphones a contar com essa tecnologia, e há quem diga que esta será a base de inspiração para o OnePlus 7.

Ainda é cedo para afirmar qualquer coisa, mas seria muito bom se todas essas previsões se concretizarem. Seria uma quebra de paradigma importante para 2019.

Vivemos em um tempo onde os fabricantes estão basicamente copiando o design uns dos outros. A competição é constante, e é fundamental que alguma marca tente um ponto de identidade, ou que busque um ponto de singularidade em relação aos demais.

O primeiro fabricante que fugir do notch com uma solução sustentável e prática vai ter vantagem competitiva junto ao consumidor. Muita gente simplesmente odeia a monocelha, e agradar esse público parece ser um grande desafio para as marcas.