A sobrevivência ao câncer não para de crescer em todo o planeta | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia A sobrevivência ao câncer não para de crescer em todo o planeta | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | A sobrevivência ao câncer não para de crescer em todo o planeta

A sobrevivência ao câncer não para de crescer em todo o planeta

Compartilhe

câncer

A má notícia: o câncer segue como um dos mais complexos desafios da medicina mundial. A boa notícia: o câncer deixou de ser uma sentença de morte, inclusive nos países mais pobres. Desde o ano 2000, a sobrevivência ao câncer só aumentou, inclusive para os tipos mais letais.

Porém, as diferenças entre países ricos e pobres está aumentando. A sobrevivência aos cinco anos de um tumor cerebral infantil na Suécia é de 80%, contra 29% no Brasil. A do câncer de mama nos EUA está acima dos 90%, contra 66% na Índia. E o da leucemia lindoblástica na Finlândia está em 95%, contra 49.8% no Equador.

O estudo global Concord-3 usa dados de mais de 37 milhões de pacientes em 71 países para analisar os 18 tipos de cânceres mais comuns (que representam 75% de todos os tipos de cânceres diagnosticados).

São resultados agridoces. Por um lado, a sobrevivência só aumenta, inclusive nos tipos de cânceres mais complicados, como os de fígado, pâncreas e língua. Por outro lado, o aumento da sobrevivência se concentra principalmente nos países mais ricos.

As diferenças de sobrevivência não só se dão entre países, mas também dentro deles. Isso evidencia não apenas uma insuficiência de fundos, problemas de governabilidade e déficits clínicos, mas também uma brecha socioeconômica.

O estudo também fala da ‘onoplutocracia’, uma dinâmica social e sanitária para que os grandes esforços em pesquisa e desenvolvimento clínico acabam beneficiando apenas aos pacientes mais ricos.

E esse será um dos desafios que a medicina terá que superar nos próximos anos.

 

Via The Lancet


Compartilhe