Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas, Truques e Macetes » A RAM virtual nos smartphones realmente funciona?

A RAM virtual nos smartphones realmente funciona?

Compartilhe

A memória RAM virtual está ganhando muita popularidade nos últimos anos, e será um conceito de futuro. Fabricantes de smartphones como Xiaomi e Vivo já estão utilizando essa ferramenta, que amplia de forma virtual a RAM do dispositivo, que pode ganhar uma maior fluidez e agilidade para as tarefas mais exigentes.

Porém, existem muitas dúvidas sobre a eficácia do seu funcionamento. Algo normal para um conceito que é novo na telefonia móvel, mas um veterano (e um pouco traumático, diria eu) nos computadores com Windows.

Vamos tentar eliminar essas e outras dúvidas neste post.

 

 

 

O que é a RAM virtual?

O nome é auto explicativo. A RAM (Random Access Memory, ou Memória de Acesso Randômico) armazena os dados de curto prazo, sendo assim muito mais rápida para buscar dados e executar programas.

É ela que permite que você execute um número maior de programas ao mesmo tempo no smartphone. Se o seu telefone tem pouca RAM, ele vai começar a travar e ficar mais e mais lento com o passar do tempo.

Nesse sentido, a RAM virtual tenta superar uma limitação de hardware dos dispositivos, ocupando parte da área de armazenamento para virtualizar essa memória aleatória de curto prazo.

O conceito utiliza o mesmo já empregado nos computadores com Windows em um passado não muito distante. O problema é que o sistema operacional da Microsoft não deixou boas recordações quando tentou essa estratégia.

Por isso, muitas pessoas levantam dúvidas sobre a eficiência desse método nos smartphones.

 

 

 

Quem está usando a RAM virtual?

 

 

Xiaomi, Redmi, Vivo e OPPO são as marcas que mais estão recorrendo neste momento à RAM virtual para obter um melhor desempenho com os seus dispositivos. Em alguns casos, o ganho de memória aleatória pode alcançar os 8 GB de RAM, o que pode fazer a diferença em algumas tarefas ou cenários específicos.

Mais e mais smartphones Android (principalmente os fabricantes chineses) estão utilizando essa alternativa, pois é uma forma menos cara para oferecer um melhor desempenho em telefones com custo relativamente mais baixo que os modelos de marcas tradicionais.

 

 

 

Como ampliar a RAM no seu smartphone

Se o seu dispositivo é compatível com a ferramenta de RAM virtual, você pode ainda hoje expandir a memória aleatória para melhorar o seu desempenho.

Para isso, vá em Configurações > Sobre o Telefone > RAM do telefone (os passos podem variar de acordo com o modelo do telefone que você possui), e nessa tela você vai encontrar a opção de RAM virtual.

Nos demais fabricantes, o caminho de acesso é semelhante. O que pode mudar é a terminologia do recurso.

Essa é uma das melhores opções para melhorar o desempenho do seu smartphone com custo zero, principalmente no caso dos modelos mais limitados. Se outros fabricantes vão abraçar essa tendência, não sabemos. Mas que ela existe e é uma realidade factível entre os fabricantes asiáticos, isso está mais do que claro.


Compartilhe