TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia A mudança drástica no uso da tecnologia com a pandemia | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | A mudança drástica no uso da tecnologia com a pandemia

A mudança drástica no uso da tecnologia com a pandemia

Compartilhe

A pandemia global trouxe sérias mudanças nas atividades rotineiras das pessoas. Confinamento, pausa momentânea dos serviços não essenciais, distanciamento social, isolamento social e a expectativa de cura faz com que todos fiquem esperando a tudo isso (e muitas outras coisas) em casa, com uma elevada dose de ansiedade.

Tal cenário gerou, de forma quase inevitável, uma mudança drástica no uso da internet. E uma dessas mudanças de comportamento está mostrando algo que muitos jamais poderiam imaginar que poderia acontecer (e é algo que só uma pandemia sem precedentes pode entregar): os usuários estão se distanciando dos telefones celulares, utilizando mais os seus computadores e laptops.

Não é segredo para ninguém que ficar mais tempo em casa sem ter o que fazer resulta em um natural despertar da curiosidade humana, até mesmo pela tentativa em ocupar a mente em diferentes atividades. Qualquer coisa vale para gastar o tempo de forma eficiente. Diante disso, o The New York Times publicou um estudo que revelou como o comportamento dos usuários mudou de janeiro até março de 2020.

E isso inclui a forma em como as pessoas estão jogando online, assistindo séries e filmes nas diversas plataformas de streaming e até trabalhar a partir de casa, e como tais atividades motivaram um aumento no uso dos computadores e notebooks.

 

 

 

Como mudamos o nosso comportamento informático

 

 

O estudo é baseado em dados coletados pelos sites SimilarWeb e Apptopia, e revela que os principais aplicativos do mercado mobile registraram sensíveis quedas de acessos a partir dos smartphones. Mas isso não significa que os usuários abandonaram esses apps: eles simplesmente decidiram acessá-los a partir de outra plataforma. Nesse caso, o laptop.

Plataformas muito populares como Netflix, Facebook e YouTube registraram excelentes números nos últimos meses. Algo natural, já que o isolamento social, de forma inevitável, motiva os usuários a se conectarem com amigos e parentes através da rede social de Mark Zuckerberg, ou opta por passar o tempo consumindo filmes, séries e vídeos nas plataformas por streaming.

Porém, esse público todo veio dos computadores, o pobre esquecido pela era pós-PC. Antes, se cada pessoa estava no seu local de trabalho ou escola e queria se distrair com algum conteúdo, utilizava o seu smartphone. Agora, prefere realizar as mesmas atividades a partir do seu laptop. Mesmo porque ver uma série, um videoclipe ou conversar com outras pessoas é mais cômodo a partir de um PC.

O mesmo estudo mostra o esforço que os usuários fizeram para se conectar com outras pessoas através das videochamadas. Os dados mostram o claro crescimento no uso de plataformas dentro dessa categoria, como Google Duo, Zoom ou Houseparty. Este último aplicativo, além da função de videochat, conta também com jogos disponíveis dentro da plataforma.

Nesse sentido, o smartphone continua ditando as regras. Um artigo publicado pela BBC garante que os laptops seguem a passos dados para desaparecer (algo que eu discordo, independente do fato de ter uma pandemia ou não). Porém, ao que tudo indica, foi justamente a pandemia que permitiu que os notebooks voltassem a ganhar terreno no mercado, mostrando claramente a todos que eles ainda são necessários.

A matéria do NYT ainda revelou quais são os sites que registraram o maior crescimento de acesso nos últimos meses. Entre os mais mencionados, ainda estão aqueles que publicam informações relevantes sobre o COVID-19. As pessoas querem saber os números de contágios e notícias relacionadas à doença.

 

 

Via The New York Times, BBC


Compartilhe