Compartilhe

Chegou a hora de compartilhar com você qual será a minha compra na Black Friday 2019. Entendo que este deveria ser o direito institucionalizado de todo geek brasileiro, mas eu bem sei que isso não é algo acessível para todo mundo. Eu mesmo só estou fazendo essa compra porque sobrou algum dinheiro para essa finalidade.

 

Isso. E porque eu não encaro esse processo apenas como uma compra. É um investimento. 

 

Alguns produtos de tecnologia devem ser encarados como autênticos investimentos para o futuro, pois não são apenas aquisições caras para ostentação com amigos e familiares. São ferramentas de trabalho para a administração de tarefas, conectividade e produção de conteúdo. Olhando para esses requisitos, o smartphone pode ser considerado o item ideal a compra perfeita. Especialmente neste período de vendas promocionais que acontece todos os anos no mês de novembro. 

 

Como blogueiro de tecnologia, ter um bom celular é algo quase obrigatório. Tudo bem, durante muitos anos da minha vida eu sequer contava com um telefone inteligente (quando eu comecei, em 2008, o iPhone nem era comercializado no Brasil, e eu me contentava com algum celular da Nokia com bateria eterna e o jogo da cobrinha), mas neste momento as coisas estão um pouco melhores, eu consegui construir um blog de respeito, e posso me dar ao luxo de investir em um dispositivo que vai agregar valor à minha rotina. 

 

Por isso, nessa Black Friday, eu vou adquirir um novo smartphone. 

 

Mas não pode ser qualquer produto. 

 

Por que comprar o Samsung Galaxy Note 9 na Black Friday?

 

 

Neste momento, eu sou um feliz proprietário de um Pocophone F1. Por quase um ano, eu utilizei o smartphone da Xiaomi como o meu principal dispositivo, e ele me atendeu muito bem em basicamente tudo o que eu precisei fazer, desde a simples navegação de internet e uso nas redes sociais até os jogos (tudo bem, eu nem jogo tanto no celular, pois eu não tenho tempo nessa vida – eu preciso ficar o dia inteiro na frente do computador produzindo artigos de tecnologia para você, lembra?), passando, é claro, pelo registro de conteúdo multimídia, como fotos e vídeos. 

 

Para quem pensa em comprar o Xiaomi Pocophone F1, vou repetir o que eu disse no review que produzi sobre o produto: este é um excelente smartphone de linha média premium com um processador top de linha (Snapdragon 845, o mais potente chip da Qualcomm em 2018) e algumas restrições para deixar o dispositivo com o menor preço possível, ou pelo menos em um valor que é muito mais atraente que os dispositivos top de linha ou premium disponíveis no mercado. 

 

Apesar de chegar ao mercado em 2018, o Pocophone F1 ainda funciona muito bem. Mas eu preciso de mais. Um pouco mais. Na verdade, muito mais. Porém, eu ainda não tenho como adquirir um telefone top de linha lançado em 2019. Não estou com essa grana toda na conta (na verdade, neste exato momento, meu saldo está próximo do negativo), e durante muito tempo na minha vida me contentei em comprar produtos de segunda mão. 

 

Hoje, o TargetHD.net paga as minhas contas, e este ano me sobrou algum dinheiro para investir em um smartphone novo na Black Friday. E a minha escolha não tem nada a ver com a marca em si, mas principalmente com a experiência de uso que o produto me promete, diante das expectativas e objetivos que eu tenho para este produto. Muito provavelmente esse dispositivo vai virar um review aqui no blog, porque eu não tive a chance de testar o produto na época do seu lançamento. 

 

De certo modo, mais um sonho que eu vou realizar nessa longa trajetória como produtor de conteúdo de tecnologia na internet. 

 

E o smartphone que eu vou adquirir na Black Friday de 2019 é o Samsung Galaxy Note 9. 

 

 

 

Pesquise sobre o produto que você quer comprar

 

 

De novo: não é uma escolha pela marca. Eu reconheço que os produtos da Samsung são de alta qualidade, mas essa escolha pelo Galaxy Note 9 não é exclusivamente pela empresa que fabrica o produto. Eu já namorava esse dispositivo desde o seu lançamento, pois entendo que é um dos melhores produtos apresentados pela empresa coreana nos últimos anos.

 

E a melhor parte é que o Galaxy Note 9 é um dos smartphones da Samsung que, neste exato momento, entrega uma das melhores relações custo-benefício do mercado brasileiro de telefonia móvel. O preço desse produto não despencou, tal e como muitos geeks menos abastados financeiramente (“abastados”… que termo bonito para se usar em um artigo de tecnologia…) gostariam que estivesse (eu, inclusive). Por outro lado, considerando as suas especificações técnicas e o momento em que nós estamos, esse é o tipo de produto que ainda pode ser bem útil na mão de muita gente (na minha mão, iinclusive). 

 

Agora, começa a parte divertida e, ao mesmo tempo, delicada do processo: onde comprar o meu novo Samsung Galaxy Note 9 na Black Friday?

 

Existem alguns procedimentos que você deve tomar antes de sair colocando a sua mão no bolso da calça para tirar a carteira e, de dentro dela, tirar o cartão de crédito. E a primeira coisa que você deve fazer é a mais óbvia de todas: pesquisar sobre o produto que você quer comprar. 

 

 

 

O Samsung Galaxy Note 9 é um excelente smartphone, e eu estou afirmando isso antes mesmo de colocar as mãos na minha unidade. Mas para ter tanta certeza na afirmação, eu precisei pesquisar muito sobre as principais características desse modelo. Ser um profundo conhecedor do dispositivo que você tanto deseja não apenas nutre você de informações fundamentais para reforçar a certeza da compra, mas também alimenta a alma e o desejo de investimento. 

 

Aliás, a dica “pesquisar muito sobre o produto que você deseja antes de realizar a compra” vale para qualquer compra futura, em qualquer tipo de produto e a qualquer momento do ano, e não apenas durante a Black Friday. 

 

Agora que você sabe o que quer comprar, pesquise sobre as opções de preço, pagamento e locais onde você pode comprar o dispositivo. No período de compras com preços reduzidos, é fundamental você ficar atento para três coisas que podem livrar você de uma compra ruim, ou até mesmo uma fraude. 

 

A saber.

 

 

1) Verifique as variações de preços antes 

 

O Samsung Galaxy Note 9 é atraente porque o seu preço de lançamento caiu de forma considerável, e o produto deve ficar ainda mais barato durante a Black Friday. Porém, alguns e-commerces podem inflar artificialmente o preço do smartphone dias antes do final de semana de promoções, para depois reduzir o valor para o preço original. Não se deixe enganar pelas falsas promoções. 

2) Pesquise os preços durante a Black Friday

 

Esse é o dia de loucura total na internet. Você vai receber um arsenal de publicações nas redes sociais com preços incríveis e promoções das mais diversas. Você precisa ficar atento e pesquisar nos diversos e-commerces nacionais para localizar onde está o preço mais competitivo para o produto que você deseja. Considere aqui a melhor relação custo-benefício, incluindo o fato de você precisar ou não pagar o frete do produto para a sua residência. 

3) Faça a compra apenas em sites confiáveis

 

No meio de tantos links que você vai receber ou ver nas redes sociais, é fundamental que você tome o máximo de cuidado para não acessar algum site falso que tenta se passar por um verdadeiro para roubar os seus dados. A prática de phishing é, infelizmente, muito comum na internet brasileira, especialmente durante o período de vendas promocionais da Black Friday. 

 

Aqui, eu preciso me estender um pouco mais. 

 

Realize a compra do seu smartphone (ou de qualquer outro produto que seja do seu interesse) apenas em sites confiáveis, onde você já comprou em algum momento no passado, ou que são amplamente recomendados por veículos de tecnologia de credibilidade ou outros usuários. Verifique se o cadeado de segurança está ativado ao lado do endereço do site (na barra de endereços), de preferência com o certificado do e-commerce indicado nesse cadeado. 

 

É claro que você tem várias opções de sites de e-commerce para realizar a compra do produto de sua preferência, mas deixo neste artigo a dica da Black Friday do KaBuM!, que certamente vai oferecer preços arrebatadores para esse período promocional de vendas. E eu recomendo porque sou cliente regular deste e-commerce. 

 

Por fim… 

 

 

Não me limitei apenas em compartilhar uma experiência de compra na Black Friday de um smartphone, que eu ainda considero como um dos melhores dispositivos de tecnologia do mercado. Ofereci algumas dicas que podem ser muito úteis para um grande grupo de consumidores, entusiastas em tecnologia e clientes em potencial, que pode melhor aproveitar as promoções, comprando aquele produto que vai atender as expectativas e necessidades. 

 

O Samsung Galaxy Note 9 é um dispositivo que foi muito estudado e observado por mim por meses, e confesso que estou feliz em ter a oportunidade de adquirir esse produto, depois de tanto tempo (finalmente). Para as minhas necessidades, ele é excelente: ótima tela, boa autonomia de bateria, muita potência com um processador que ainda está entregando uma performance de respeito, câmeras acima da média e a S-Pen, que oferece uma versatilidade no uso que é singular. 

 

Porém, antes de terminar, é importante lembrar que a Black Friday é, antes de qualquer coisa, um período do do ano no qual o protagonista de tudo, o ator principal, o motivo pelo qual as lojas vão encher a internet de links com produtos para compras é…. você. 

 

Durante o período de promoções, você será chamado de cliente, consumidor, cliente em potencial, usuário, geek, nerd addicted e vários outros termos que não cabem neste post. Logo, tudo o que eu escrevi até aqui não vale de muita coisa se você não encontrar promoções DE VERDADE, e não placebos e trapaças em forma de números artificiais. 

 

Por isso, além de desejar boas compras, eu peço encarecidamente que você fique de olhos bem atentos ao comportamento “Black Fraude” que os e-commerces podem adotar. Sendo bem sincero: durante anos eu fiquei com o gosto amargo da decepção com o comportamento das lojas virtuais brasileiras, que desvirtuaram esse momento de consumo coletivo, transformando o período no famigerado “pague o dobro como a metade do preço”. 

 

Eu mesmo participava da Black Friday de forma mais ativa com o TargetHD.net, compartilhando links com descontos que eu entendia valer a pena, e publicando posts com itens em promoções com descontos reais. Mas depois eu fui desanimando, me desiludindo e me afastando do processo. 

 

Em 2019, eu só torço para que tudo seja um pouco diferente. Para mim, que vai materializar uma conquista que, de alguma forma, é importante para o desenvolvimento do meu trabalho como produtor de conteúdo de tecnologia. E para você, amigo leitor, que também é a minha ponta final do processo de produção de conteúdo. É para você que eu sento todos os dias na frente do computador para desenvolver um material de qualidade. Logo, eu também estou na torcida para que a sua janela de promoções na internet também seja muito bem sucedida. 

 

Enfim, é isso. 

 

Chegou a hora. Chegou a minha vez. Não vou usar o cartão de crédito porque esse pobre e velho blogueiro que está encerrando esse texto economizou praticamente um ano para realizar essa aquisição. 

 

E… não. Não sou eu que vou dizer a essa altura do campeonato (no final do artigo) qual é a melhor forma de pagamento para você realizar a sua compra durante a Black Friday. Acredito que você sabe o que fazer nesse momento. 

 

Ou se não souber… leia esse texto na íntegra novamente. E, dessa vez, com a máxima atenção possível.


Compartilhe