A latência nos fones Bluetooth ainda é um problema, em pleno 2019 | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia A latência nos fones Bluetooth ainda é um problema, em pleno 2019 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Tecnologia | A latência nos fones Bluetooth ainda é um problema, em pleno 2019

A latência nos fones Bluetooth ainda é um problema, em pleno 2019

Compartilhe

A latência dos fones Bluetooth nos smartphones ainda é um problema. Principalmente quando realizamos chamadas telefônicas, assistimos a filmes ou jogamos games. Esse delay (ou atraso) entre o pressionar o botão de pausa ou avançar a faixa e a ação em si é algo que realmente irrita muita gente.

Quero dizer, ao ouvir música, isso nem faz tanta diferença. Mas nas chamadas, filmes e especialmente os jogos, a latência é sim um problema mais sério. A diferença começa a ser perceptível para qualquer pessoa quando o delay é de mais de 150 ms.

O ideal é um fone Bluetooth oferecer uma latência de, no máximo, 100 ms. Mas por mais que a Google trabalhe em resolver o problema, a maioria das melhorias está relacionada com os fones de ouvido com cabo, e não com o Bluetooth.

A forma em como o Android funciona nesse sentido resulta em muitos passos intermediários que resultam no pequeno atraso. A latência pode variar de fabricante para fabricante. Os modelos que reduzem o desempenho da CPU para melhorar a autonomia de bateria sofrem de maior delay. E muitas das APIs de baixa latência do Android são opcionais, o que também determina a diferença de atraso entre os modelos.

O próprio padrão Bluetooth não ajuda, pois por isso conta com bastante latência. Logo, somamos a latência do Android com a latência do padrão Bluetooth.

 

 

Os gráficos não mentem jamais

 

O site SoundGuys compararam a latência de quatro smartphones: Huawei Mate 20 Pro, Samsung Galaxy S10, OnePlus 6T e Google Pixel 3 XL. O gráfico abaixo mostra o resultado de cada smartphone para vários codecs. O Pixel 3 XL é o que oferece menor latência, seguido de perto pelo OnePlus 6T, que possui maior variação com ACC, SBC e aptX HD. E, mesmo assim, os dois modelos entregam latência na casa dos 250 ms.

 

 

O Huawei Mate 20 Pro entrega 484 ms de delay, com variação bem alta. Já o Samsung Galaxy S10 fica um pouco melhor, mas também com elevada latência. Pelo visto, quanto mais longe do Android stock, maior é a latência de um smartphone.

Se os fabricantes Android seguem deixando de lado o conector de fones de ouvido, deveriam então prestar mais atenção para o som Bluetooth, não apenas na qualidade do som, mas principalmente nessa latência. É um padrão que tem que melhorar muito, e os fabricantes Android poderiam contribuir com isso, fazendo um trabalho melhor nesse aspecto.

 

Via SoundGuys


Compartilhe