Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | A jogada de mestre da Netflix que vai trazer de volta os conteúdos da Disney

A jogada de mestre da Netflix que vai trazer de volta os conteúdos da Disney

Compartilhe

A Netflix é a referência no mundo do streaming, mas o seu reinado pode acabar. A plataforma depende em boa parte do conteúdo de terceiros, dos proprietários de suas séries e filmes mais populares. No passado, os grandes estúdios não se preocuparam com a Netflix (pois tinham a TV e os Blu-rays como principal meio de distribuição de conteúdo). Agora, tudo mudou.

Hoje, o streaming é muito mais importante que qualquer outra via de distribuição, e os gigantes do entretenimento finalmente entenderam isso, lançando as suas próprias alternativas à Netflix. Vide a Disney+, que entendeu que tem como trunfo nas mãos a exclusividade dos seus conteúdos.

O cenário era péssimo para a Netflix… que não está muito preocupada com isso. Por dois motivos: o primeiro, é que a Netflix está criando conteúdos próprios há muito tempo, já pensando em compensar a perda dessas licenças. Mas principalmente, porque boa parte desse conteúdo que vai sair vai voltar para a sua plataforma.

 

 

Os conteúdos da Disney vão voltar para a Netflix sem esforço

 

A Wired revelou detalhes sobre os acordos que a Netflix tem com a Disney e outros gigantes do setor (Warner Bros, HBO e Universal), que foram fechados há anos, quando a moda do streaming só estava começando, e que é o seu às na manga.

Graças aos contratos, os donos das licenças mais populares da Netflix ou não podem retirar ou conteúdo, ou estarão obrigados a devolver esse conteúdo para a plataforma. Por exemplo, o acordo da Netflix com a Disney especifica que todos os filmes lançados entre janeiro de 2016 e dezembro de 2018 terão que voltar para a Netflix a partir de 2026. Entre os filmes afetados, temos autênticos blockbusters como Pantera Negra e Vingadores: Guerra Infinita.

 

 

Empresas como AT&T não podem descartar a Netflix

 

 

A AT&T, proprietária da Warner Bros, HBO, DC Comics e várias outras, também ameaça retirar o seu conteúdo da Netflix. Porém, a maioria de suas séries mais populares estão presas na plataforma de streaming, inclusive depois do fim de sua exibição. O acordo implica a manutenção da oferta das séries até três anos depois da exibição do series finale. De fato, dos 10 programas licenciados mais populares da Netflix, calcula-se que pelo menos oito vão continuar na plataforma durante os próximos anos.

Porém, as demais séries e filmes envolvidas devem continuar na Netflix até mesmo depois que esses acordos caduquem, e o serviço de streaming mais popular hoje deve ficar ainda mais popular, graças (em partes) a este conteúdo licenciado.

Para empresas como a AT&T, as receitas obtidas com a licença de conteúdo são altas demais para serem ignoradas. Baseado nisso, é possível até mesmo imaginar que Friends, a série que a AT&T quer ter de forma exclusiva em seu serviço, volte para a Netflix no futuro.

 

Via Bloomberg


Compartilhe