TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia A inflação chegou ao PlayStation 5 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Games | A inflação chegou ao PlayStation 5

A inflação chegou ao PlayStation 5

Compartilhe

ATUALIZAÇÃO @ 26/08/2022, 06h52: de acordo com o Flow Games, a assessoria de imprensa da PlayStation Brasil informou que os preços para as duas versões do PlayStation 5 não terão os seus preços reajustados em nosso mercado. O que é uma excelente notícia para os gamers brasileiros.

A seguir, a matéria original na íntegra.

.

É isso mesmo, amigo leitor.

Se você comprou um PlayStation 5, parabéns. Se não comprou, vai ficar mais difícil a partir de hoje (25). A Sony anunciou um aumento de preços para as duas versões do seu console de última geração, algo que já era esperado, considerando o cenário econômico de momento.

Lá fora, o aumento nos preços do PlayStation 5 gira em torno de 10%, o que certamente vai impactar nas vendas do produto em escala global. E fatalmente os preços sugeridos para o produto serão alterados também no Brasil.

Vamos então entender o que está acontecendo. E nem é tão difícil compreender os motivos para essa decisão da Sony.

 

Por que o PlayStation 5 vai ficar mais caro?

Qualquer pessoa que decidiu não ir morar em uma caverna sabe muito bem que a dinâmica econômica global está completamente maluca, por diversos motivos.

Uma crise sanitária global sem precedentes que paralisou a indústria de produção (com uma crise muito séria nos semicondutores que ainda persiste) e desacelerou o fornecimento de produtos de tecnologia para o consumidor final. O desemprego e as novas dinâmicas laborais e, é claro, o conflito político que ainda não terminou entre dois países europeus também entram nessa equação.

De forma oficial, a Sony confirma que “as elevadas taxas de inflação” que afetam a praticamente todos os países do mundo e “as tendências monetárias adversas” (já que inúmeros indicadores apontam para uma crise que vai perdurar, se tornando ainda mais séria do que já é) são os principais motivos para esse aumento de preços do PlayStation 5.

Com a palavra, a Sony:

“O ambiente econômico global é um desafio que muitos de vocês ao redor do mundo sem dúvida estão enfrentando. As altas taxas de inflação global, bem como as tendências cambiais adversas, estão afetando os consumidores e pressionando muitos setores.”

Para a surpresa de zero pessoas, o aumento de preços do console da Sony será aplicado a praticamente todos os mercados globais… menos nos Estados Unidos, que é o principal mercado da empresa dentro desse segmento.

Pode ser algo injusto, mas faz todo o sentido. Qualquer empresa que tentar desagradar ao seu principal cliente pode ter prejuízos ainda maiores, e fica claro que o PlayStation 5 é muito mais vendido nos Estados Unidos do que em outros países.

Mais que o Japão, inclusive.

De novo, as palavras da Sony:

“Devido a essas difíceis condições econômicas, a SIE tomou a difícil decisão de aumentar o preço de varejo recomendado (RRP) do PlayStation 5 em alguns mercados da Europa, Oriente Médio e África, Ásia-Pacífico, América Latina e Canadá. Nos Estados Unidos Afirma que não haverá aumento de preços.”

Dito isso, os novos preços do PlayStation 5 na Europa são os seguintes:

  • PlayStation 5 com leitor de disco: € 499,99 €549,99.
  • Edição digital do PlayStation 5: €399,99 €449,99.

 

Quando os preços do PlayStation 5 vão subir no Brasil? E quanto ele vai custar?

A Sony deixou claro no seu comunicado para a imprensa que o aumento de preços aplicado nas duas versões do PlayStation 5 entra em vigor “de forma imediata” para todos os mercados que foram afetados por essa decisão.

Ou seja, muito provavelmente os novos preços dos consoles da Sony no Brasil serão anunciados nas próximas horas, o que deixa pouco tempo para os eventuais interessados comprem o produto nos valores antigos.

Por outro lado, algumas variáveis típicas do mercado brasileiro precisam ser consideradas.

Recentemente, o governo brasileiro reduziu os impostos sobre os custos de produção de videogames e produtos relacionados ao segmento, e isso pode fazer com que a Sony do Brasil acabe “subsidiando” por algum tempo o aumento de preços aplicado ao PlayStation 5.

Por outro lado, não sabemos exatamente qual é o nível de autonomia que a Sony do Brasil possui para não aplicar o aumento de preços dos seus consoles por aqui. Afinal de contas, estamos falando de uma decisão “global” (com exceção dos Estados Unidos) e muito respaldada por um cenário que está afetando diferentes mercados.

A decisão da Sony é corporativa, e tem como principal objetivo reduzir eventuais prejuízos que a empresa está abraçando com as vendas dos consoles. Bem sabemos que a maior parte dos lucros do setor de videogames está na venda de jogos e produtos atrelados aos títulos comercializados.

E uma eventual desaceleração nas vendas de consoles vai resultar em uma queda nas vendas de jogos ao longo do tempo. E a Sony está efetivamente preocupada com isso.

 

Quero comprar um PlayStation 5: o que eu faço agora?

Meu conselho de amigo? É melhor correr para comprar um PlayStation 5.

De novo: a decisão da Sony em aumentar os preços do PlayStation 5 tem efeito IMEDIATO. Daqui a algumas horas, os valores do console para o mercado brasileiro podem estar alterados, dificultando a vida de muitos que estavam interessados em comprar o produto em um período de vendas mais favorável como, por exemplo, a Black Friday.

E eu sei que tem muitas pessoas que neste exato momento estão arrependidas por não aproveitar algumas das promoções recentes que apareceram no e-commerce brasileiro. Em alguns casos, o PlayStation 5 chegou a custar menos de R$ 4 mil, um valor que dificilmente será alcançado novamente a partir de agora.

Eu entendo perfeitamente que estamos falando de um produto que é muito mais caro que o seu principal concorrente no segmento. O Xbox Series S, versão mais modesta do videogame da Microsoft, pode ser encontrado neste momento no Brasil por menos de R$ 2 mil, e esse é um argumento muito forte para determinar essa versão como a campeã de vendas em nosso mercado.

Aqui, eu estou ignorando completamente os aspectos técnicos que envolvem os dois produtos. A grande maioria dos clientes de videogames são casuais ou pessoas que só querem jogar um bom jogo de videogame em um bom console. E no final das contas, o preço é um fator mais importante do que a capacidade de execução dos jogos de cada console.

De qualquer forma, se você tem o dinheiro na mão e pensa em comprar um PlayStation 5, a hora é agora. Não dá mais para esperar. Pois o produto vai ficar mais caro no Brasil. Fato.

E um aumento de 10% (tal e como aconteceu lá fora) vai devolver os valores originais do console da Sony. O que é uma péssima notícia para quem esperou até agora para investir dinheiro neste produto.

Enfim… quem avisa amigo é. O recado foi dado.


Compartilhe