Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | A forma correta para reiniciar um roteador

A forma correta para reiniciar um roteador

Compartilhe

De tempos em tempos, somos obrigados a reiniciar o roteador instalado em nossa casa ou escritório. Seja por conta do uso intenso que fazemos da internet todos os dias, ou porque o roteador possui muitos dispositivos conectados nele, este dispositivo pode sentir a sobrecarga de trabalho, fazendo com que a internet comece a falhar, funcionando de forma mais lenta ou com erros.

Ao mesmo tempo, é fundamental que você proteja o seu roteador de ataques cibernéticos e, por tabela, proteja os seus equipamentos informáticos que estão conectados a ele. Além disso, é importante instalar esse roteador no melhor lugar possível da casa para obter a melhor conexão possível e escolher uma senha forte para não invadirem a sua rede WiFi. Todos esses procedimentos são importantes para que a sua rede de internet sem fio funcione da forma mais saudável possível.

Um dos procedimentos que também pode ajudar a resolver boa parte dos problemas presentes em uma internet sem fio é reiniciar o roteador. Porém, é preciso fazer isso da forma correta. E o erro que praticamente todo mundo comete é o de pressionar o botão de liga/desliga ou retirar a fonte da tomada, esperar alguns segundos e conectar novamente o roteador.

Isso está errado. Reiniciando o roteador dessa forma, você não reinicia as configurações que são armazenadas com o tempo, e não soluciona os problemas de gerenciamento de IP e outras questões técnicas.

Nesse post, vamos tentar jogar um pouco de luz nesse cenário, mostrando o procedimento correto de reinicialização de um modem sem fio.

 

 

 

Quanto tempo devo esperar antes de reiniciar o roteador?

 

Não sou eu que estou falando, mas sim os especialistas no assunto.

E os especialistas recomendam que, uma vez desligado o roteador, o ideal é que você mantenha o dispositivo desligado por entre 20 e 30 segundos (pelo menos) para se certificar que os circuitos foram desligados por completo e que o roteador será reiniciado corretamente, ou seja, por completo. É sempre importante lembrar que, quando você voltar a ligar este dispositivo, ele sempre vai levar alguns segundos para estar 100% operacional.

Também pode valer a pena reiniciar o roteador a partir das configurações do dispositivo, o que também garante que configurações cumulativas ou alteradas por alguma ameaça virtual seja eliminada. Para isso, é preciso acessar o endereço IP que oferece acesso às configurações avançadas do seu equipamento.

O endereço IP 192.168.1.1 se tornou o padrão para a maioria dos roteadores presentes no mercado neste momento. Porém, os endereços 10.0.0.1 e 192.168.0.1 também são muito utilizados por alguns modelos. Em caso de dúvida (ou se nenhuma dessas três opções funcionar), consulte o manual do fabricante do seu roteador e localize essa informação para acessar as telas de ajustes.

Lembrando que o endereço de IP para acesso às configurações do roteador sempre será um IP interno, ou seja, ele não pode ser acessado a partir de uma conexão externa.

Para quem escolher esta opção, deverá entrar com o nome de usuário e senha do roteador (normalmente é admin para os dois) e acessar as opções avançadas do dispositivo. Então, entre no item de Manutenção e procure pelas opções Reiniciar ou Reboot, e clique sobre ela.

Também é possível restaurar as configurações de fábrica do roteador, caso os problemas sejam persistentes mesmo após a reinicialização do dispositivo. Para este procedimento, um pequeno botão em algum lugar do equipamento resolve a questão. Ele deve ser pressionado até que as luzes do seu dispositivo comecem a piscar.

Porém, só recomendamos tal opção (a de restauração) quando os problemas do roteador forem graves, já que retornar às configurações de fábrica fará com que todas as suas configurações sejam apagadas, voltando ao firmware original, senha de fábrica e vários outros ajustes padrão.

Use esse recurso com conhecimento e moderação.


Compartilhe