Na cidade de Jelsum (Holanda), existe uma estrada que “canta”. Faixas rugosas nas laterais da estrada fazem que, ao passar os carros a uma determinada velocidade, uma melodia é emitida, para amenizar o trajeto dos motoristas.

Porém, o efeito colateral não é o esperado. A canção se transformou em um pesadelo para os moradores do local, que ouvem uma cacofonia contínua com vários carros passando pela área. As reclamações foram tantas, que os moradores conseguiram desativar o sistema.

A ideia era até louvável. Por um lado, eles queriam alegrar o trajeto, deixando a viagem mais amena para os motoristas. Por outro lado, eles queriam que os motoristas reduzissem a velocidade para escutar a música, que era nada menos que o hino da região holandesa de Friesland.

 

 

A música tocava quando os carros passavam a uma velocidade de 60 km/h por essas áreas, e ainda que um motorista pudesse perceber isso de forma adequada, o efeito para os moradores não era agradável, pela cacofonia gerada pelas notas do hino.

Isso fez com que as autoridades da região retirassem as faixas rugosas. O uso desse tipo de elementos nas estradas europeias é algo comum, para avisar aos motoristas que eles estão muito próximos dos limites laterais. Mas a forma de aproveitar tais faixas pode ser algo aparentemente irritante, quando não é bem pensado.

 

 

 

Via Reuters