TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia 5 motivos para você comprar o iPad (2022) | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas de Compras | 5 motivos para você comprar o iPad (2022)

5 motivos para você comprar o iPad (2022)

Compartilhe

Ontem (19), eu escrevi que não conseguia entender direito o que a Apple quer com o iPad, já que são produtos com novidades questionáveis no iPad Pro e com recursos capados no iPad base, mas que custam bem mais caros que os tablets da geração anterior.

Mas sempre vão existir aquelas pessoas que podem desejar comprar os novos modelos do tablet da Apple e ficam buscando argumentos para explicar para a esposa por que precisa pagar caro desse jeito em um novo gadget.

Neste artigo, vou apresentar pelo menos cinco bons motivos para investir o seu dinheiro em um novo iPad em 2022. Aqui, vou dar foco e destaque no investimento no iPad de 10ª geração, o modelo mais básico que a Apple apresentou recentemente.

 

Ele é mais caro, mas não se compara com os demais modelos

O modelo mais básico do novo iPad de 10ª geração (WiFi, com 64 GB de armazenamento) tem preço sugerido pela Apple de nada menos que R$ 5.299. Ou seja, ele é bem mais caro que o modelo base das gerações anteriores, e isso pode espantar muitos interessados no dispositivo.

Por outro lado, você sempre terá a possibilidade de adquirir o mesmo iPad de 10ª geração sem precisar passar por uma loja da Apple (a não ser que você faça questão disso), pois os importadores cobram bem menos pelo mesmo produto, além de oferecer a garantia global da gigante de Cupertino, o que basta para deixar qualquer cliente mais seguro.

Levando em consideração o novo design e as melhorias nas especificações técnicas, ele está no meio do caminho na relação custo-benefício quando olhamos para os outros modelos de tablets da Apple. E se você não quiser gastar tanto dinheiro com um novo tablet, sempre termos as gerações anteriores desse produto, que ainda estão no mercado.

 

Um novo design unificado

Passou da hora do iPad base adotar o mesmo design dos seus irmãos maiores. O modelo base estava com uma cara datada e desatualizada, e isso estava desestimulando os usuários a investir neste modelo.

O aumento de tela e a renovação do design são dois aditivos muito interessantes ao iPad de 10ª geração, e coloca todos os modelos do tablet da Apple em pé de igualdade na sua aparência. E isso é importante no reforço da imagem que a própria empresa quer oferecer para o produto daqui para frente.

Outra virtude do novo iPad é que ele aumenta a sua tela, mas mantém um tamanho físico similar ao modelo da geração anterior, pois suas bordas são mais compactas e suficientemente largas para que o usuário consiga segurar o tablet com as mãos e os dedos.

Sem falar que o novo iPad de 10ª geração recebeu uma nova paleta de cores, deixando o produto mais leve e casual. Essa é uma forma de deixar o dispositivo mais atraente para os mais jovens e para aqueles que gostam que os seus gadgets acompanhem o seu estilo de vida.

E a melhor parte: morre o Lightning para FINALMENTE chegar a porta USB-C, o que permite a conexão desse iPad em uma tela externa.

 

Câmera grande angular, com enquadramento no centro

A Apple decidiu adotar a lógica, e centralizou a câmera frontal para deixar as chamadas de vídeo com uma qualidade um pouco melhor no que se refere à perspectiva do usuário. Com isso, o FaceTime com um sensor de 12 MP com lente grande angular vai captar mais área de cena, ingressando mais pessoas na mesma imagem e enquadrando o usuário através do foco automático, mesmo quando você está se movimentando.

Isso mostra que a Apple entendeu que o tablet se tornou um dispositivo de uso pessoal, profissional e educacional para as chamadas de vídeo e, assim como acontece no computador, essa posição centralizada faz mais sentido para que o usuário possa ver todas as demais pessoas envolvidas nessa chamada com maior conforto, além de se mostrar com uma qualidade ainda maior nessas comunicações.

Além disso, a resolução da câmera traseira também aumentou para 12 MP, além de ser capaz de gravar vídeos em 4K. Para quem entende que um tablet também pode ser usado para registros de fotos e vídeos (e minha convicção pessoal é divergente desse pensamento), essas são novidades relevantes.

 

Melhora de desempenho com o chip A14 Bionic

Pode não ter o chip M1, mas o iPad de 10ª geração recebe o chip A14 Bionic, obtendo assim um melhor desempenho para ter dois ou três aplicativos abertos ao mesmo tempo. Não é a mesma coisa que ter o recurso Stage Manager, que deixa várias janelas de aplicativos flutuando na tela (exclusivo para o iPad Pro), mas já é uma multitarefa de alguma forma.

O recurso vai facilitar muito a vida de quem quer ser mais produtivo com o iPad, inclusive para aqueles que querem se arriscar com a edição de vídeos no tablet, permitindo assim a exportação de arquivos finais em um tempo menor. De novo: ele não entrega a mesma agilidade do iPad Pro, mas pode ajudar naqueles momentos de emergência.

 

Acessórios para usar o tablet como um notebook

Esse iPad de 10ª geração é compatível com o Apple Pencil de primeira geração (de forma absurda, não é compatível com o lápis eletrônico de segunda geração, já que o novo tablet não conta com sistema de carga magnética).

Por outro lado, o novo iPad é compatível com o Magic Keyboard Folio, que pode transformar o dispositivo em uma espécie de notebook. O acessório usa a energia do próprio tablet para manter o seu funcionamento.

Além disso, o novo iPad de 10ª geração contará com outros acessórios. A Logitech vai lançar em breve novos cases com teclado Rugged Combo 4 e Rugged Combo 4 Touch, que inclui um trackpad para deixar o tablet ainda mais próximo de um computador portátil. Sem falar no novo Logitech Crayon, lápis mais barato que o Apple Pencil e (esse sim) compatível com a porta USB-C para recarga de sua bateria.


Compartilhe