Depois do suicídio de uma menina de 13 anos e de um jovem de 12 anos por conta do desafio da Baleia Azul, a Comissão Geral das Mídias Audiovisuais da Arábia Saudita anunciou a proibição de 47 videogames, incluindo jogos com temática violenta, como Grand Theft Auto V, Assassin’s Creed 2 e The Witcher.

Mesmo sem contar com qualquer tipo de relação entre o macabro jogo viral que leva crianças e adolescentes ao suicídio com os videogames, que são um meio de entretenimento, as autoridades decidiram proibir os jogos eletrônicos, sem especificar os motivos.

Qualquer tipo de proibição nesse aspecto acaba se transformando automaticamente em uma decisão equivocada, ainda mais quando ela não tem uma clara justificativa por parte das autoridades. Mesmo porque é mais barato banir um jogo do que criar campanhas de conscientização sobre os perigos que um viral como o desafio da Baleia Azul pode ter no mundo moderno.

Vamos ficar atentos a mais detalhes sobre o assunto, mas desde já é uma medida muito drástica, levando em conta que uma coisa não tem nada a ver com a outra.

 

Via NYT