TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia 3 erros grosseiros ao escolher uma nova senha | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | 3 erros grosseiros ao escolher uma nova senha

3 erros grosseiros ao escolher uma nova senha

Compartilhe

Este é um tema recorrente para qualquer pessoa que utiliza um dispositivo de tecnologia conectado na internet (aka basicamente todo mundo). Escolher uma senha forte, de fácil memorização e, ao mesmo tempo, complexa de ser descoberta é um desafio que, em maior ou menor grau, afeta a todo mundo.

Eu sei que é bem chato essa coisa de ficar memorizando senhas e pensando em uma sequência de letras e números que seja segura o suficiente para tudo, mas é um mal necessário. É melhor essa dor de cabeça do que o estresse de uma conta de e-mail ou rede social invadida por alguém que você nem conhece.

Por isso, vamos mostrar neste post três erros grosseiros que a maioria dos usuários comete ao escolher uma nova senha para os seus serviços conectados.

 

 

 

Usar uma senha muito pessoal

Usar como senha informações relacionadas à sua pessoa pode facilitar na hora de memorizar o código de acesso ao serviço. Por outro lado, também pode facilitar (e muito) a vida dos criminosos cibernéticos ao tentar descobrir essas credenciais de acesso.

Alguns exemplos (ruins) que precisam ser evitados na hora de escolher uma nova senha:

  • Nomes de nossos pais, amigos, filhos ou nosso companheiro(a) de vida.
  • A marca do nosso carro, ou dos objetos pelos quais temos um carinho especial.
  • Nossa data de nascimento, nosso aniversário ou outras datas importantes.

Você até pode escolher uma palavra que faça parte da sua vida para compor uma senha, desde que ela esteja combinada com outras informações totalmente aleatórias e, se possível, combinando letras, maiúsculas, minúsculas e caracteres especiais.

 

 

 

Usar apenas letras ou números

Eu nem precisava lembrar sobre esse item, pois já escrevemos vários posts no blog enfatizando a real importância sobre fugir desse esquema de senha. Porém, ainda tem muitas pessoas que insistem na prática, pois é uma forma de facilitar a memorização da informação e acesso aos serviços.

Por isso, eu peço mais uma vez: não utilize sequências numéricas conhecidas ou uma combinação de letras diretamente relacionadas com o seu nome ou suas informações pessoais. Isso é pedir para o seu acesso ser descoberto por aqueles que estão tentando invadir sua conta nas redes sociais ou acesso às credenciais bancárias.

A seguir, as dicas para criar uma senha forte:

  • Use letras minúsculas e maiúsculas.
  • Use letras, números e caracteres especiais.
  • Combine várias palavras sem sentido.
  • Estabeleça uma senha com, pelo menos, 10 caracteres.

 

 

 

Usar uma senha muito curta

Mais uma vez, eu reconheço que boa parte das pessoas que utilizam a internet e contas conectadas contam com dificuldades para memorizar senhas mais longas. Já outras pessoas são apenas preguiçosas, e querem acessar os seus serviços da forma mais ágil possível.

Quanto mais curta é a senha, mais rápido os programas especializados em hackeamento das contas dos usuários podem descobrir essa sequência e, por tabela, acessar aquela conta. Ou seja, a melhor forma para você evitar que isso aconteça é estabelecendo a senha mais longa possível, e combinando os diferentes elementos mencionados no item anterior para a criação da senha.

Vai por mim: é melhor perder algum tempo na criação da senha do que gastar horas ou dias para recuperar as credenciais de conta dos seus serviços na internet.


Compartilhe