A vida está em constante movimento, e o tempo não pára. Se você está meio decepcionado com a implacável ação do tempo e se sente incomodado com o fato das pessoas dizerem que você nasceu no século passado, saiba que 2019 será o primeiro ano onde não vão existir “crianças do século XX”, entendendo nesse conceito que não mais teremos menores de idade nascidos em um ano que comece por 19xx.

Mas há muitas coisas curiosas sobre a ação do tempo em nossas vidas que podem surpreender você. Por exemplo, a lista nesse post, que mostra as tecnologias atuais amplamente utilizadas em todo o mundo, que simplesmente não existiam há 15 anos. Isso é importante para mostrar para muitos jovens que acreditam que tais itens existiam desde sempre que tudo nessa vida tem um começo, e que nem era um começo tão recente assim.

A lista a seguir mostra a data de criação dos itens, mostrando para todos nós como o tempo passou e ainda está passando, ilustrando também a marcha de evolução. Lembrando que não estamos considerando os serviços lançados de 2003 para trás.

Facebook – fevereiro de 2004.
Google Maps – fevereiro de 2005.
YouTube – fevereiro de 2005.
Twitter – março de 2006.
Waze – maio de 2006.
Netflix (no formato streaming)* – fevereiro de 2007.
Fitbit – março de 2007.
Dropbox – junho de 2007.
iPhone – junho de 2007.
Hulu – outubro de 2007.
Kindle – novembro de 2007.
Airbnb – agosto de 2008.
Android – setembro de 2008.
Spotify – outubro de 2008.
Bitcoin – janeiro de 2009.
Uber – março de 2009.
WhatsApp – janeiro de 2009.
iPad – abril de 2010.
Instagram – outubro de 2010.
Alexa – novembro de 2014.

 

Daqui a alguns anos, podemos voltar nesse assunto, e ver quais desses serviços sobreviveram, algo que não é tão fácil nos dias de hoje.

*aos mais novos: a Netflix começou como um serviço de locadora com entrega de DVDs e Blu-rays em domicílio ou delivery, e esse conceito foi o que inspirou em um segundo momento no desenvolvimento de serviço de streaming.