Compartilhe

Recentemente, publicamos aqui no blog uma lista com alguns dos melhores emuladores Android para PC ou Mac, pensando nos usuários que querem testar aplicativos e jogos no computador. Seja pela comodidade em usar o teclado e mouse para jogar, ou para testar aplicativos que você está desenvolvendo, ou pela comodidade em usar tudo em uma tela maior, os emuladores podem ajudar e muito.

Porém, não vamos nos limitar a oferecer as dicas de apps que podem ser úteis para essa finalidade. Nesse post, você encontra 10 dicas importantes na hora de utilizar um emulador Android. Tais dicas podem ajudar a obter resultados melhores com esses aplicativos.

 

 

10 dicas importantes para escolher um emulador Android

 

1. Existem vários outros emuladores que podem ser eficazes para as suas finalidades. Pesquise entre as várias soluções, pois o melhor pode não ser o primeiro que você usar.

2. A maioria dos emuladores Android são gratuitos. Mas para o desenvolvimento de apps, algumas soluções pagas oferecem vantagens e funcionalidades adicionais que justificam o investimento.

3. A maioria dos emuladores são de simples instalação e configuração, mas alguns exigem conhecimentos mais técnicos. use os mais simples, a não ser que você seja um programador e precisa dos recursos adicionais e mais complexos.

4. Se você vai testar vários emuladores, é recomendável você ir removendo do computador os softwares que serão descartados. Manter a instalação de vários programas do mesmo gênero pode causar conflitos e pesar no desempenho do equipamento e do sistema operacional, especialmente no caso do Windows.

5. Usar um emulador Android é uma excelente forma dos usuários de iPhone e iPad terem acesso a eventuais jogos e apps desenvolvidos exclusivamente para o Android.

6. Atenção ao sistema operacional do computador onde você quer rodar o emulador. Algumas opções podem não ser compatíveis com o macOS ou Linux.

7. O emulador precisa ser o mais leve possível. Não exija muito dos recursos e componentes do computador, pois assim você pode rodar jogos e apps Android em um equipamento mais antigo e com recursos menores.

8. Cuidado com as configurações do computador onde você quer usar o emulador. Teste várias opções até encontrar aquela que entrega um desempenho fluído em todos os tipos de programas e jogos.

9. Leve em consideração as versões do Android que cada emulador consegue simular. Alguns jogos precisam das versões mais recentes. Os programadores de apps sempre contam com necessidades específicas aos testes com diferentes versões do Android.

10. Os criadores de apps contam com emuladores mais voltados para eles, com muitas opções e definições que permitem simular praticamente todos os smartphones. Explore bem esses recursos.


Compartilhe