Arquivo para a tag: mac os x

Apple pode mudar o nome do OS X

by

macOSX

Hoje, a Apple conta com uma ampla gama de sistemas operacionais disponíveis de acordo com a plataforma que utilizemos. Mas em se tratando do quesito ‘nome do sistema operacional’, o OS X se mantém na ‘velha guarda’ em relação ao padrão dos nomes adotados pelos softwares lançados depois dele.

Por exemplo: iOS (smartphones e tablets), watchOS (smartwatches), tvOS (Apple TV) e OS X (computadores). Percebe a diferença?

O sistema operacional para equipamentos Macintosh não segue o padrão dos outros sistemas operacionais, algo que pode mudar em breve, de acordo com uma nova informação que caiu na internet nas últimas horas.

O que uma referência encontrada no código mais profundo do OS X El Capitan, a última versão disponível do sistema operacional para computadores, sugere em uma linha a menção clara do termo ‘macOS’, o que em teoria alinharia a nomenclatura do sistema operacional com as demais plataformas já existentes. A imagem abaixo mostra o termo.

lista

Devemos levar em consideração que ainda que não podemos confirmar de forma oficial a mudança, fato é que ela faz muito sentido. Não seria estranho que a Apple acabe mudando o nome para macOS, mas não tem muito sentido isso acontecer “imediatamente”, já que essa pode ser uma decisão já tomada, e que será implementada mais adiante.

Porém, não descartamos que essa mudança pode ser anunciada de forma iminente. Afinal de contas, a WWDC 2016, evento para desenvolvedores da Apple, acontece em junho. E lá seria o local perfeito para fazer um anúncio desse porte.

Via SlashGear

Como formatar um pendrive para trabalhar com Windows e Mac OS X

by

windows-y-mac

Ainda que os serviços da nuvem estejam substituindo as soluções de armazenamento físico de forma progressiva, há muitos usuários que preferem utilizar pendrives ou discos externos para armazenar seus dados. Para quem trabalha com equipamentos Windows e Mac OS X, uma boa solução é ter um dispositivo externo apto para funcionar sem problemas com as duas plataformas.

O melhor sistema de arquivos para esse cenário é o exFAT, apresentado em 2006 e que se popularizou com o Windows Vista. É uma evolução do FAT, onde tentaram eliminar as limitações de armazenamento apresentadas no FAT32, mantendo aceitáveis as taxas de leitura e gravação.

Tanto o Windows como o Mac OS X oferecem compatibilidade nativa, mas para utilizá-lo em distribuições GNU/Linux, é necessário a instalação de um software específico.

guardar

Formatar uma unidade externa no Windows é algo muito fácil: clique com o botão direito a partir do explorador de arquivos e selecione a opção Formatar. Em Sistema de Arquivos, escolha exFAT e desmarque a opção de formatação rápida. Por fim, clique em Iniciar e, depois de alguns segundos, você terá a sua unidade pronta para utilizar em equipamentos com Windows e Mac OS X.

NOTA: Se você tem um Mac e precisa ler uma unidade em NTFS, existe uma opção chamada FUSE. Mais informações sobre esse projeto você encontra nesse link.

Há quem diga que essas imagens são do novo OS X…

by

new-osx-leak-01

Faltando poucas horas do início da WWDC 2014, novas imagens vazadas mostram supostas telas do OS X 10.10, nova versão do sistema operacional para Macs da Apple. Não há muitos detalhes sobre o sistema, mas se as fotos forem verdadeiras, uma coisa fica bem clara: ele está mais próximo do que nunca do iOS.

São esperadas mudanças de design e funções no OS X 10.10, patrocinadas por Jonathan Ive. As imagens vazadas foram publicadas na comunidade Mac no Reddit, e rapidamente foram eliminadas (mas não a tempo de outros sites republicarem as mesmas). Segundo o MacRumors, de tudo o que se conhece até agora da nova versão do OS X, não é descabido pensar que as fotos são legítimas.

A qualidade das imagens não ajuda, mas é possível identificar uma nova central de notificações, melhorias na Dock, a busca com Spotlight, uma central de controle que lembra muito o design do iOS e um navegador Safari reformulado. Nada revolucionário, mas uma mudança estética (e, talvez, funcional) importante). O novo Dock translúcido e a central de notificações são pontos de maior proximidade com o iOS.

Ainda é difícil saber se as imagens são autênticas ou não, já que são fotos do dia 24 de março. Mesmo sendo reais, a Apple pode ter adicionado mudanças desde então no software. Hoje (02), essas dúvidas serão sanadas. Ao menos esse post fica como registro.

new-osx-leak-02 new-osx-leak-03 new-osx-leak-04 new-osx-leak-05

Via MacRumors, Reddit

Google quer que os seus funcionários… usem Macs?

by

imacs

O ditado “em casa de ferreiro, espeto de pau” vem imediatamente na minha cabeça para descrever o paradoxo que está vivendo o Google dentro de sua própria organização. Segundo informa o site BGR.com, a gigante de Mountain View aposta de forma majoritária nos computadores da Apple para desenvolver as suas novas soluções, e não na sua própria plataforma, o Chrome OS.

Segundo um engenheiro do Google, “houve um tempo em que os Macs eram a minoria no Google, mas agora, se você começa a trabalhar na nossa empresa, e quer outro computador que não seja um Mac, todo um processo (que beira à uma novela – palavras minhas) começa”.

E não pense você que estou falando de poucas máquinas: estima-se que são aproximadamente 43 mil computadores com o logotipo da maçã mordida funcionando na Googleplex. Mas a experiência não está sendo algo 100% satisfatório para a Google.

Segundo o mesmo engenheiro (que não quis se identificar para – muito provavelmente – não colocar o seu emprego em risco), a Google se cansou de esperar que a Apple renovasse os seus aplicativos para uso corporativo, e desenvolveram as suas próprias soluções para atender as necessidades internas da empresa. O funcionário de Mountain View sugere que o sucesso da plataforma iOS e os últimos lançamentos de iDevices “desviaram” a atenção e os recursos da empresa de Tim Cook para o mercado corporativo.

Moral da história: nem sempre se pode ter tudo, mesmo quando você é dono de uma das maiores casas de ferreiro do mundo.

Via BGR.com

Novas da Apple: Mac OS X com 8% de adoção em 24 horas, e como o Mac Pro é fabricado

by

mavericks-21

Um combo de notícias da Apple nesse post. Começamos pelos números, que como vocês bem sabem, são frios. Segundo os dados coletados pela GoSquared, o índice de adoção do Mac OS X Mavericks ficou próximo de 8% após as primeiras 24 horas de lançamento do sistema.

Em uma análise inicial, esse é um volume de adoção maior que as versões anteriores (mas isso precisa ser confirmado pela própria Apple). Algumas coisas explicam essa velocidade de expansão da nova versão.

O primeiro motivo é o mais óbvio do mundo: ele é de graça. Logo, não vamos perder muito tempo nisso. O segundo motivo é que o OS X Mavericks é compatível com modelos antigos de Macs, o que acaba beneficiando de forma direta os proprietários de produtos lançados de 2007 para frente. Além disso, as impressões iniciais passadas por aqueles que já testam o sistema em seus computadores é que essa é a melhor versão do OS X lançada até agora.

O Mavericks conta com vários recursos novos, além de ajustes para oferecer uma maior autonomia de bateria ao MacBook, monitorando os seus programas e aplicativos para decidir qual deles vai receber mais recursos de processamento.

new-mac-pro

A segunda notícia é, na verdade, um vídeo. A Apple liberou um vídeo que mostra como o novo Mac Pro é feito. O computador será fabricado nos Estados Unidos, e passa uma ideia sobre como esse produto com design diferenciado é fabricado.

No evento da última terça-feira (22), a Apple revelou mais detalhes, especificações e o preço do novo Mac Pro, que nos Estados Unidos será lançado em dezembro, com o preço inicial sugerido de US$ 2.999 (no Brasil, esse valor é de R$ 12.999). O novo Mac Pro pode receber diferentes configurações, sendo que a versão mais completa conta com até 64 GB de RAM, processador Intel Xeon E5 de 2.7 GHz e 12 núcleos de processamento, e duas GPUs AMD Fire Pro D700 com 6 GB de memória dedicada. O modelo ainda pode suportar até seis telas Thunderbolt ou três telas com resolução 4K.

 Via The Verge, MacRumors

Apple Cover 2013 | Mac OS X Mavericks é lançado oficialmente. E é de graça!

by

MacOsXMavericks

Vamos começar a detalhar todas as novidades do evento da Apple realizado hoje (22) nos Estados Unidos. Começamos pelo Mac OS X Mavericks, que finalmente foi anunciado, oferecendo novos recursos e funcionalidades para os computadores da Apple.

O Mac OS X 10.9 Mavericks está disponível para download a partir de hoje na App Store, e entre tantos recursos não muito interessantes mostrados durante a apresentação, a principal novidade está na política de preços da atualização. Que é… não ter preço algum. Pela primeira vez na história (talvez), a Apple está oferecendo uma nova versão do seu sistema operacional de forma gratuita para os usuários das versões Snow Leopard, Lion e Mountain Lion (para os usuários das demais versões, o custo da atualização será de 17,90 euros).

A notícia chega duas semanas depois que a Apple lançou a versão Gold Master para desenvolvedores do Mac OS X Mavericks. O pacote de instalação lançado hoje conta com os recursos iBooks, Maps, uma nova versão do calendário, entre outros recursos.

overview_what_is

Vale lembrar que não há um ineditismo absoluto na decisão da Apple nessa estratégia, e se observarmos com mais critério e cuidado, levando em consideração que o grande negócio da empresa é a venda de dispositivos (ou seja, hardware), onde eles não só lucram muito, como também oferecem produtos com preços mais elevados que a concorrência, soaria até cretino que a Apple continuasse cobrando pelas novas versões e atualizações do Mac OS.

Afinal de contas, aqui no Brasil, os consumidores pagam valores que podem alcançar os R$ 10 mil (no MacBook Pro) para ter um computador da Apple. Logo, a cobrança pela atualização do sistema operacional era completamente desnecessária.

De qualquer forma, chega a “surpreender” ver as palavras “Apple” e “grátis” na mesma frase.

Via Apple

[Rumor] Apple está preparando um evento focado no iPad e Mac para o dia 15 de outubro

by

timcook-800x488

É o que dizem. Um mês depois de lançar novos iPhones, a Apple planeja um evento para falar do iPad e do Mac. Este evento aconteceria em 15 de outubro, e os lançamentos mais relevantes seriam a nova geração de iPads e os novos Macs com processadores Intel Haswell. Além disso, é esperado que mais detalhes do Mac OS X Mavericks sejam revelados.

Levando em conta que 2013 está chegando ao fim, faz todo o sentido a Apple apresentar novos produtos dessas categorias, uma vez que ainda não ouvimos novidades sobre esses produtos em 2013. No evento de 10 de setembro, tudo ficou restrito aos iPhones e ao iOS 7. Porém, nada foi dito sobre o novo Mac Pro, ou sobre o Mac OS X Mavericks. E, com o anúncio dos novos processadores da Intel, é de se esperar que a Apple incorpore essa nova tecnologia em seus dispositivos.

Outros rumores indicam que esse suposto evento da Apple em outubro também está relacionado aos novos Apple TV e AirPort Express, além do especulado iWatch, que particularmente não acredito que será anunciado antes de 2014. Com tantas novidades, muitos já esperam que esse seja o evento da Apple mais repleto de novidades em 2013.

De novo: tudo o que foi dito ainda está na zona de rumores, mas estamos mais do que preparados para um final do ano cheio de novidades vindas da Apple. Afinal de contas, em um ano sem muitas novidades, não é nada mal a empresa de Cupertino guardar o melhor para o final. Bom, é o que muitos esperam.

Via AppleWeblog

iTunes 11 é lançado oficialmente, disponível para Mac OS X e Windows

by

Depois de muita espera, especulações e falatórios dos usuários nas redes sociais… a criança nasceu! Finalmente a Apple disponibilizou para os seus usuários dos sistemas Mac OS X e Windows o iTunes 11, o seu software de gerenciamento de dispositivos iOS (iPhone, iPod e iPad), além de ser o gerenciador de mídia e player multimídia oficial da empresa.

O produto tinha previsão para lançamento no mês de novembro, mas muitos esperavam que ele chegasse ao mercado junto com o lançamento do iPad Mini e do iPad de quarta geração (ou ao menos quando esses dois produtos chegassem ao mercado). Isso não aconteceu. A Apple adiou o lançamento para “adicionar melhorias e ajustes finos” na versão final do aplicativo, e só agora o software está disponível para download.

Entre as novidades implementadas pela Apple, o iTunes 11 traz como principal novidade um design completamente redesenhado do player multimídia, da biblioteca de mídia, entre outros elementos gráficos. Também está disponível um novo sistema de recomendação, além de uma exibição da loja de conteúdos redesenhada, mais amigável e mais próxima daquela que os usuários possuem hoje no iPad.

Também estão presentes uma maior integração com o iCloud e o iTubes Match, além de um novo recurso que salva o posicionamento do vídeo ou áudio book quando você pausa a execução em um dispositivo, permitindo que você retome a reprodução do mesmo ponto em outro dispositivo.

O novo iTunes 11 está disponível para download para OS X e Windows, e pode ser baixado automaticamente pelo aplicativo instalado no seu computador, ou na página de download da Apple.

Mac OS X Mountain Lion: 3 milhões de downloads em quatro dias, segundo a Apple

by

Já se passaram alguns dias desde o lançamento do Mac OS X Mountain Lion, e como não poderia deixar de ser, chegou o momento de analisar como o felino está indo nesses primeiros dias de liberdade. Segundo informa a Apple, a nova versão do sistema operacional alcançou a marca de 3 milhões de downloads em apenas quatro dias.

Com isso, o Mountain Lion se torna a versão mais bem sucedida do OS X em toda a história da Apple. Vale lembrar que, como principais argumentos para a atualização, a Apple adicionou no Mountain Lion até 200 novas qualidades, e tudo isso por um preço de apenas US$ 19,99.

Nada mal, não?

Via Apple

VMWare View permite o uso da virtualização do Windows em sistemas Linux, OS X e no Kindle Fire

by

As máquinas virtuais chamam a atenção de muitos usuários, pela beleza de ver um sistema rodando dentro de outro, sem precisar mudar o hardware, ou desconfigurar o software atual, abrindo assim um grande leque de possibilidades. Logo, para muitos, será uma alegria saber que o cliente View do VMware já oferece suporte para os sistemas Mac, Linux e para o Kindle Fire (o sistema já possui suporte para iPad e Android desde março).

O que chama a atenção nessa versão em especial é a opção de usar o Windows em uma tela completa no Lion, e obviamente, a simplicidade de todo o aplicativo, que pode ser baixado pela loja de aplicativos da Amazon ou através da Ubuntu Software Center. O produto foi desenvolvido pensando nas necessidades de empresas e departamentos de sistemas, mas os usuários comuns também saberão apreciar o valor desse tipo de aplicativo.

Via VMware

[Dicas de Compras] Novo Macbook Pro MD313BZ reúne a tecnologia dos processadores Intel Core i5 e do Mac OS X Lion

by

O novo MacBook está disponível para compra. A mais recente atualização do notebook da Apple chega ao mercado com o poder dos novos processadores Intel Core i Series (de segunda geração), o que oferece ao usuário um poder de processamento ainda maior, e uma performance ainda mais ajustada, com o Mac OS Lion.

Outro destaque do computador é a sua tecnologia Thunderbolt, que permite a conexão com diversos periféricos com alta performance e elevada taxa de transferência de dados. Imagine você conectando um HD externo e um monitor em uma única porta, sem comprometimento de desempenho final nos dois dispositivos.

O modelo desse post possui tela de 13,3 polegadas, e vem com o sistema operacional Mac OS X Lion, que traz 250 recursos novos para um melhor desempenho.

Especificações Técnicas:

– Processador: Processador Intel Core i5 dual core de 2,4GHz
– Cache: 3MB compartilhado
– Memória RAM: 4GB de memória SDRAM DDR3 de 1333MHz (dois SO-DIMMs de 2GB); suporte a até 8GB
– HD: 500GB
– Drives: SuperDrive 8x (DVD±R DL/DVD±RW/CD-RW)
– Tela: Tela widescreen brilhante de 13,3 polegadas (diagonal), retroiluminada por LEDs, resolução de 1280×800
– Rede: Ethernet (Gigabit) 10/100/1000BASE-T
– Som: Alto-falantes estéreo com subwoofers, microfone omnidirecional, entrada de fone de ouvido/line in combinada (suporte saída óptica)
– Cartão de memória compatíveis: Slot para cartão SDXC
– Vídeo: Câmera FaceTime HD; porta Thunderbolt com suporte a DVI, VGA e DVI Dual Link e HDMI (necessita de adaptadores, vendidos separadamente)
– Teclado: Teclado completo integrado com retroiluminação por LED e 78 (U.S.) ou 79 (ISO) teclas, com 12 teclas de função e 4 teclas de direção (formato “T” invertido)
– Mouse: Trackpad Multi-Touch para controle preciso do cursor. Funções suportadas: rolamento inercial, esticar, girar, deslizar, deslizar com três dedos, com quatro dedos, um toque, dois toques e arrastar
– Sistema operacional: OS X Lion
– Software inclusos: OS X Lion (com Mail, Agenda, iCal, a Mac App Store, iTunes, Safari, Time Machine, FaceTime, Photo Booth, Mission Control, Launchpad, AirDrop, Resume, Salvar Automaticamente, Versões, Quick Look, Spotlight, QuickTime e muito mais) iLife (com iPhoto, iMovie, GarageBand)
– Alimentação: Bateria interna de polímero de lítio com consumo de 63,5 watts/hora
– Conexões: Porta de alimentação MagSafe, Porta Gigabit Ethernet, Porta FireWire 800 (até 800 Mbps), Duas portas USB 2.0 (até 480 Mbps), Porta Thunderbolt (até 10 Gbps), Entrada/saída de áudio, Slot para cartão SDXC,Slot para trava de segurança Kensington
– Cor: Aluminio
– Wireless
– Bluetooth

Preço: R$ 3.599,00

[Dicas de Compras] iMac com tela LED de 27″ é um desktop perfeito para produtividade

by

Retroiluminação por LED: uma ideia brilhante.
Brilho total e imediato. Ao contrário da maioria das telas que levam um certo tempo aquecer e apresentar o brilho máximo, uma tela retroiluminada por LED apresenta brilho imediato e uniforme

Mais pixels, imagem melhor.
O iMac de 27 polegadas vem com resolução de 2560 por 1440. Além de contraste de 1000:1, para cores mais vibrantes e pretos bem escuros. Tudo com uma taxa de aspecto de 16:9, igual a de uma TV de alta definição.

Maravilhosa por qualquer ângulo.
Graças à tecnologia IPS (in-plane switching), a tela do novo iMac fica sempre incrível, independentemente de onde você esteja sentado.



Nova geração de processadores Intel de quatro núcleos.

Com processadores de quatro núcleos, o novo iMac ficou 80% mais rápido que a sua geração anterior. Coloque até 16GB de memória DDR3 e um drive de estado sólido ultrarrápido de 256GB e você ficará com um tudo em um capaz de fazer praticamente tudo.

Novos processadores gráficos AMD Radeon HD avançados.
Tudo para que você veja mais quadros por segundo nos jogos em 3D e edite seus vídeos pessoais em HD com mais velocidade e agilidade ainda.

Thunderbolt.
Ultrarrápida e flexível, a porta Thunderbolt vem com dois canais de dados de 10 Gbps para transferência de dados até 12 vezes mais rápida que por FireWire 800 e até 20 vezes mais rápida que USB 2.0.

Nova câmera FaceTime HD.

Com a nova câmera FaceTime HD, você faz chamadas com vídeo com resolução de 720 pixels. Faça chamadas em HD de um iMac novo para outro ou para o novo MacBook Pro. Você também pode fazer chamadas com vídeo para outros computadores Mac com Intel, iPad 2, iPhone 4 ou para o iPod touch mais recente Wi-Fi e Bluetooth.

Especificações Técnicas:

-Processador: Intel Core i5 de quatro núcleos, 3.1GHz
-Barramento: 1333MHz
-Cachê: 6MB de cache L3 compartilhado e embarcado
-Memória RAM: 4GB (duas de 2GB) de memória DDR3
-HD: Disco rígido de 1TB (7200 rpm)
-Drives: SuperDrive 8x com gravação em camada dupla, 4x (DVD±R DL/DVD±RW/CD-RW)
-Rede: Wi-Fi: Rede Wi-Fi sem fio 802.11n2; Compatível com IEEE 802.11a/b/g; Bluetooth: Teclado sem-fio Bluetooth 2.1 + EDR (Enhanced Data Rate)
-Som: Alto-falantes estéreo integrados; Dois amplificadores internos de 17 watts de alta eficiência; Saída de áudio digital óptica e de fone de ouvido (minijack); Entrada de áudio de linha/digital óptica (minijack); Microfone integrado; Compatível com fone de ouvido com microfone da Apple para iPhone
-Memória de Vídeo: Processador gráfico AMD Radeon HD 6970M com 1GB de memória GDDR5
-Teclado: Sem fio da Apple; Teclado completo integrado com 78 (U.S.) ou 79 (ISO) teclas, 12 teclas de função e 4 teclas de direção (formato “T” invertido); Teclado numérico integrado
-Mouse: Magic Mouse: seu desenho limpo e elegante e superfície Multi-Touch que permitem que você faça movimentos simples como rolar e deslizar; Clique uma ou duas vezes onde preferir; A estrutura ambidestra acomoda usuários destros e canhotos
-Sistema Operacional: Mac OS X v10.6 Snow Leopard
-Softwares Inclusos: iTunes, Time Machine, Quick Look, Spaces, Spotlight, Dashboard, Mail, iChat, Safari, Agenda, QuickTime, iCal, DVD Player, Photo Booth, Front Row, Xcode Developer Tools e muito mais.

Preço: R$ 7.399,00

Mac OS X completa 10 anos de vida

by

Em 24 de março de 2001, a Apple anunciava a versão de desktop do Mac OS X, um sistema operacional que deu muitos lucros para a empresa da maçã, que ao longo dos anos recebeu vários nomes de felinos, de acordo com sua evolução (puma, jaguar, pantera, tigre, leopardo e leão, que deve chegar em breve). Dez anos depois, os usuários estão esperando que o rei das selvas traga uma nova fase na experiência de uso do sistema operacional. De qualquer forma, fica os nossos parabéns para o Mac OS X e para a Apple pela data.

via Engadget

Mac OS X Lion: nova versão para desenvolvedores está disponível na Mac App Store

by

Além dos novos modelos de Macbook Pro, a Apple aproveitou a oportunidade para anunciar a disponibilidade de uma nova versão do sistema operacional Lion para desenvolvedores. Desta forma, os especialistas no assunto terão acesso, via Mac App Store, ao novo pacote do sistema operacional, podendo assim testar em maiores detalhes algumas de seus recursos prometidos, como o Mission Control ou o Launchpad, e melhorar seus aplicativos antes do lançamento oficial do sistema, previsto para o meio do ano.

via Apple

Elecom apresenta teclados Bluetooth 3.0 com suporte para tablets

by

A Elecom apresentou dois novos teclados Bluetooth 3.0, o FBM023E e o FBM023. Os dois são teclados universais, sendo então compatíveis com qualquer dispositivo que possua a mesma conectividade Bluetooth, como iPhone, iPad, um telefone Android, PS3, entre outros.

A diferença entre os dois modelos é que o FBM023E vem com teclas especiais para iOS ou Mac OS X, enquanto que o modelo FBM023 é dedicado ao Windows 7 e Vista. Podem ser adquiridos com distribuição das teclas no formato japonês ou inglês, além de incorporar um suporte especial para tablets, com o iPad. Preço: US$ 66 (já convertidos). Por enquanto, só pode ser encontrado no Japão.

via Akihabara News